7/05/2009

Entrevista 2 - 'As coisas estão bem encaminhadas. Espero corresponder até a convocação final'

Como todo pescador, Luís Fabiano tem história para contar. E, numa delas, ele garante ter vivido uma verdadeira aventura ao lado dos cunhados André e Afonso e do amigo Isaías num dia em que o barco virou e o quarteto caiu no rio, sendo puxado pela correnteza.

“A sorte é que eu tinha amarrado o barco na margem e consegui nadar até lá para puxar o pessoal. Nunca nadei tanto na minha vida”, recorda o Fabuloso, que adora pescar e parece já ter fisgado o seu lugar na Copa do Mundo de 2010. As ‘iscas’ foram os cinco gols marcados na Copa das Confederações, que lhe renderam a artilharia da competição e muitas cobranças em casa. Tudo por conta de Giovanna, a filha mais velha, de 5 anos, que já se sente famosa por ter sido homenageada na África do Sul e não para de pedir, ao lado da irmã, Gabriella: “Papai, quero gol”.

Nesta entrevista por e-mail, ao ‘Ataque’, o Fabuloso fala da paixão pela pesca, da família e, é claro, de futebol. O camisa 9 da Seleção recorda a chegada ao País com o título da Copa das Confederações, fala sobre o sonho de disputar a Copa do Mundo e a boa fase de Ronaldo no Corinthians. Também comenta a possibilidade de deixar o Sevilla e a chegada de Kaká ao futebol espanhol, além de relembrar a fama de ‘briguento’ nos tempos de São Paulo e confirmar a vontade de encerrar a carreira na Ponte Preta.

ODIA: Como você está curtindo o descanso após a conquista da Copa das Confederações, ao lado da mulher e das filhas? Já deu tempo para pescar, como você tinha planejado fazer assim que desembarcou no Brasil?
Luís Fabiano: Foi maravilhoso poder voltar da África do Sul com esse título na bagagem. A receptividade que tive do povo brasileiro foi emocionante e espero passar por isso mais vezes. Ainda não tive a oportunidade de pescar, mas isso vai acontecer, com certeza. Estou tentando descansar o máximo possível para recarregar as energias para a temporada desgastante que virá por aí.

Como surgiu essa paixão pela pesca?
Surgiu desde que conheci a Juliana (esposa), há 11 anos. Ela morava em Jaguariúna e atrás da casa dela passa o Rio Atibaia. Meus dois cunhados, André e Afonso, começaram a me levar junto nas pescarias e acabei virando profissional (risos). Desde então, sempre que podemos nos encontramos para fazer uma pescaria.

Tem alguma história de pescador para contar?
Tenho uma, que por pouco não estava aqui para te contar. Uma vez fui pescar com os meus cunhados e o Isaías, amigo nosso. No lugar em que fomos tinha uma cachoeira e tivemos a grande ideia de chegar o mais perto dela possível. Chegamos tão próximo que o barco acabou entrando debaixo da cachoeira e virou. Caímos no rio e começamos a ser arrastados pela correnteza. A sorte é que eu tinha amarrado o barco na margem e consegui nadar até lá para puxar o pessoal. Nunca nadei tanto na minha vida. Graças a Deus, conseguimos todos sair da água em segurança.

Na Copa das Confederações, você chegou a dedicar gols para as suas filhas, Giovanna, de 5 anos, e Gabriella, de 2. Mesmo sendo pequenas ainda, elas acompanham os seus jogos e já torcem por você?
Para você ter uma ideia, a Giovanna está falando para mim que está famosa, que é conhecida (risos). Elas não são fáceis. Acho que sou mais cobrado em casa do que em qualquer outro lugar. Todo dia elas querem que eu faça gol. É ‘papai quero gol para cá’, ‘papai quero gol para lá’. Não é fácil. E o pior é que quando não faço elas ainda ficam bravas comigo (risos).

Ser o camisa 9 do Brasil na Copa do Mundo da África do Sul é o seu grande sonho na carreira? Depois da boa atuação na Copa das Confederações, sendo o artilheiro com cinco gols, já dá para se sentir com a vaga assegurada no Mundial de 2010?
Sem dúvida, ter a oportunidade de jogar a Copa do Mundo é o sonho de qualquer jogador. Futebol é momento e hoje, graças a Deus, as coisas estão bem encaminhadas para mim. Espero continuar correspondendo até a convocação final.

Depois da Copa das Confederações, o Ronaldo fez muitos elogios a você, dizendo que você é um ótimo finalizador e que o seu primeiro gol na final contra os EUA foi "incrível, virando o corpo e chutando de esquerda". Como é ouvir elogios vindos do Ronaldo, que ocupava a camisa 9 há até bem pouco tempo? Você sentiu alguma vez um peso por estar substituindo o Fenômeno na Seleção e como vê agora a possibilidade de ele voltar a vestir a Amarelinha?
É sempre bom receber elogios, ainda mais com eles sendo feitos pelo Ronaldo. Sempre soube da responsabilidade que tenho quando coloco a camisa do Brasil, independentemente de quem a vestiu no passado. O Ronaldo está dando a volta por cima mais uma vez e desejo o melhor para ele.

"LuisFa, você é MAIOR e passa por cima de todos os críticos"
Participe da nossa Comunidade no ORKUT
♥_______________________________________________♥

6 comentários:

  1. Nossa vc é fã msm dele, mto maneiro o blog, adorei a entrevista, e adorei a história da sobrevivência na correnteza!!!

    ResponderExcluir
  2. ixi... tive q voltar... rsrs
    Obrigada por comentar no zaba,
    gostei mto do seu blog!!!

    ResponderExcluir
  3. Quem é Luis Fabiano?
    uhauhauahuahuah

    Como eu odeio futebol, nem sei quem é ele. rs

    BjOs^^

    ResponderExcluir
  4. Resposta: (kikinhah)

    Luís Fabiano é o melhor atacante do planeta!!!!!!!!!!!!!
    rsrs

    Jogador da Seleção Brasileira de Futebol!

    ;*

    ResponderExcluir
  5. hola Pâm!
    Ahora ya conocemos un poco más a luis Fabiano como persona y futbolista.
    saludos
    sílvia

    ResponderExcluir

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!