Histórico de Gols

Clique e veja todos os gols marcados pelo craque

Seleção Brasileira

Luis Fabiano na Seleção Brasileira

Títulos e Prêmios

Todos os títulos e prêmios conquistados

Músicas Fabulosas

Cante junto ;)

29 de outubro de 2014

Condição física deixa Luis Fabiano mais empolgado do que gol

De volta ao time titular, Luis Fabiano fez um dos gols da vitória do São Paulo por 3 a 0 sobre o Goiás, na noite desta segunda-feira. Mas foi o fato de ter atuado 90 minutos sem acusar dores que mais animou o atacante no Morumbi.



"Sinceramente, o que me deixa mais empolgado é me sentir bem, sem qualquer tipo de dor. Eu vinha um pouco preocupado, estava com edema muscular e não pude participar do jogo contra a Chapecoense", lembrou o jogador, depois de ter passado os primeiros dias da semana com incômodo na coxa direita.

"Fiquei três dias em recuperação, descansando e consegui me recuperar. Fui tranquilo para o jogo, não senti. Isso é o que me deixa mais otimista para a sequência do campeonato", frisou o ainda artilheiro da equipe na temporada, agora com 17 gols marcados.

Luis Fabiano não balançava a rede desde 24 de setembro, dia em que o São Paulo empatou com o Flamengo, em casa. Ele chegou a ganhar a titularidade depois disso, em jogo da Copa Sul-Americana, porém foi expulso no jogo de ida das oitavas de final do torneio e acabou punido por isso, motivo pelo qual não vai a campo na quinta-feira, contra o Emelec.

Multado em 30% do salário pela diretoria do clube, o jogador vinha prometendo foco apenas no trabalho, o que voltou a repetir nesta segunda-feira, depois do apito final. "Dei meu melhor. É isso o que eu tenho que fazer, nada mais do que isso", resumiu, evitando novas polêmicas.

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

25 de setembro de 2014

Luís Fabiano marca no final; São Paulo e Flamengo ficam no 2x2

Rogério Ceni marcou um gol, desperdiçou cobrança de pênalti e falhou no primeiro tento do Flamengo no empate por 2 a 2 da noite desta quarta-feira, que tirou o São Paulo da vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Em jogo polêmico, com muita reclamação dos flamenguistas contra os dois pênaltis assinalados aos donos da casa, o Tricolor ainda correu risco de perder a partida, principalmente depois da expulsão de Michel Bastos, mas foi salvo por Luis Fabiano.

O time paulista, que se sentiu prejudicado pelos pênaltis assinalados ao Corinthians no clássico do fim de semana passado, desta vez não teve motivos para reclamar, no Morumbi. No primeiro tempo, Alexandre Pato caiu na área, e o árbitro Andre Luiz de Freitas Castro assinalou penalidade ao São Paulo, alegando infração de Márcio Araújo. Em meio aos protestos dos visitantes, Ceni converteu a cobrança.

Porém, ainda na etapa inicial, o capitão são-paulino cometeu sua primeira falha grave ao dar rebote em chute fraco, nos pés de Everton, que mandou para a rede. Na etapa final, antes mesmo de um minuto, André Luiz de Freitas Castro errou ao marcar mais um pênalti ao Tricolor, em toque de mão de Samir fora da área. No entanto, Ceni não aproveitou a chance, pois teve sua cobrança defendida por Paulo Victor.
O jogo ganhou muita emoção depois da expulsão de Michel Bastos, por jogada violenta. Aos 41 da etapa final, Alecsandro colocou o Rubro-negro na frente. Porém, apenas quatro minutos depois, Luis Fabiano garantiu o empate, depois de ter substituído Alexandre Pato.

Com o resultado desta quarta-feira, o São Paulo chegou aos 43 pontos, caindo para o terceiro lugar do Campeonato Brasileiro, já que foi ultrapassado pelo Internacional, que tem 44. O líder Cruzeiro está disparado na frente, com 52. O Tricolor volta a campo no sábado, quando enfrentará o Fluminense, novamente no Morumbi. Já o Flamengo tem 31 pontos.

O jogo

O São Paulo iniciou a partida encontrando muita dificuldade para passar pelo bem posicionado sistema defensivo do Flamengo. Do outro lado, com cautela para não correr riscos, a equipe de Vanderlei Luxemburgo ainda buscava o ataque, principalmente em bolas aéreas. Em uma das tentativas, Wallace se chocou com Rogério Ceni, que precisou de atendimento médico.

Com a dificuldade dos donos da casa e a precaução dos visitantes, o começo da partida foi de poucas emoções. Na primeira jogada em que poderia levar perigo, Michel Bastos cobrou falta para a área, e Alan Kardec desviou fraco de cabeça, facilitando para Paulo Victor. O confronto só esquentou aos 16 minutos, quando André Luiz de Freitas Castro assinalou pênalti polêmico para o Tricolor.

Na jogada, Alexandre Pato tocou para Alan Kardec na meia-lua e recebeu de volta na esquerda da área, mas caiu antes de dominá-la, e o árbitro marcou pênalti de Márcio Araújo. Os flamenguistas reclamaram bastante, alegando que o volante não tocou no atacante. Depois de toda a polêmica, aos 17, Rogério Ceni fez a cobrança no canto esquerdo de Paulo Victor, que acertou o lado, mas não conseguiu fazer a defesa
.
A partir daí, o Flamengo tentou se arriscar um pouco mais na frente, principalmente pela esquerda de seu ataque, aproveitando buraco no setor defensivo tricolor. Assim, Ceni teve sair do gol para tirar lançamento que seria para Everton, nas costas de Auro. Na sequência, o capitão ainda afastou para impedir a chegada de Gabriel. Na resposta, Ganso tocou na área, e Paulo Victor segurou antes de Kardec chegar livre.

O jogo melhorou com os avanços dos dois lados, mas as equipes seguiram finalizando pouco. Márcio Araújo até chegou com boa chance pela direita, mas não cruzou e chutou completamente errado, desperdiçando o lance, que poderia levar perigo. O time do Rio de Janeiro só empatou no momento em que Rogério Ceni falhou feio. Aos 35, Gabriel recebeu a bola pela esquerda, driblou Auro, invadiu a área e finalizou fraco. O goleiro não conseguiu segurar e deu rebote na pequena área, e Everton não desperdiçou, concluindo para a rede.

O empate animou o Flamengo, que quase virou pouco depois. João Paulo recebeu completamente livre pela esquerda, mais uma vez, e cruzou por baixo, mas Everton não alcançou ao dar um carrinho diante do gol aberto. O momento era tão positivo ao Flamengo que a torcida são-paulina se calou no Morumbi, enquanto os rubro-negros cantavam nas arquibancadas.

Antes do fim da etapa, mesmo de forma tímida, o São Paulo tentou responder, e Alan Kardec recebeu cruzamento na área, dominou no peito e finalizou em cima da marcação. No entanto, o Flamengo continuou achando espaços no lado direito da defesa são-paulina. João Paulo chegou pelo setor e cruzou para Márcio Araújo, mas Ceni conseguiu tirar.

Na volta para o segundo tempo, o São Paulo teve um pênalti ao seu favor com menos de um minuto, mas marcado de forma equivocada pelo árbitro. Em disputa pela esquerda, Samir tocou a mão na bola, fora da área, e o árbitro marcou penalidade. Os flamenguistas ficaram mais uma vez revoltados. Enquanto Luxemburgo ainda contestava, Ceni fez a cobrança no canto esquerdo de Paulo Victor, que saltou para defender.

O goleiro flamenguista recolocou a bola em jogo rapidamente, e Everton tentou chutar de longe, já que Ceni ainda não havia chegado à meta, mas a bola passou por cima do travessão, enquanto Edson Silva observava em cima da linha. Mesmo assim, o São Paulo continuou mais presente na frente, e levando sustos atrás. Em um rápido contragolpe pela esquerda, Everton chutou cruzado, rasteiro, e viu a bola passar raspando.

Com atuação apagada de Alan Kardec, a torcida aproveitou um erro do atacante na frente para pedir a entrada de Luis Fabiano. Ciente de que a impaciência da torcida era justa, o São Paulo tentou mostrar serviço em campo, e Pato pegou bola rebatida para finalizar, mas acertou a marcação.
Muricy Ramalho também percebeu a dificuldade de seu time e atendeu ao pedido da torcida, colocando Luis Fabiano em campo, na vaga de Alexandre Pato, que nem sequer passou pelo banco de reservas e foi direto para os vestiários.

O treinador são-paulino não teve tempo para ver seu time se ajustar com a mudança, pois o time ficou com um jogador a menos logo em seguida. Michel Bastos foi expulso ao acertar um carrinho muito forte em Everton. Assim, Muricy teve de tirar Kardec para recompor o setor com Reinaldo. Já Everton não teve mais condições de jogar e acabou substituído por Luiz Antônio.

Mas o Flamengo tomou conta do jogo e chegou à virada com gol de Alecsandro, de cabeça, aos 41 minutos. Já aos 45, Luis Fabiano evitou a derrota, ao mandar para a rede em sobra na área.

São Paulo 2 X 2 Flamengo
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 24 de setembro de 2014 (Quarta-feira)
Horário: 22 horas (de Brasília)

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Ganso (São Paulo). Cáceres, João Paulo, Alecsandro (Flamengo)
Cartão vermelho: Michel Bastos (São Paulo)
Público: 16.598 pagantes
Renda: R$ 593.800,00

Gols: SÃO PAULO: Rogério Ceni, aos 17 minutos do primeiro tempo. Luis Fabiano, aos 45 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Everton, aos 35 minutos do primeiro tempo. Alecsandro, aos 41 minutos do segundo tempo

São Paulo: Rogério Ceni; Auro, Edson Silva, Antônio Carlos e Michel Bastos; Souza, Denilson, Kaká e Ganso (Osvaldo); Alexandre Pato (Luis Fabiano) e Alan Kardec (Reinaldo). Técnico: Muricy Ramalho

Flamengo: Paulo Victor; Leonardo Moura, Samir (Chicão), Wallace e João Paulo; Victor Cáceres (Arthur), Márcio Araújo, Héctor Canteros, Gabriel e Everton (Luiz Antônio); Alecsandro. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Fonte: Tribuna Hoje

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

Técnico ainda não considera Luis Fabiano pronto para 90 minutos

O atacante Luis Fabiano salvou o São Paulo da derrota na partida contra o Flamengo, na noite de quarta-feira, marcando o gol que garantiu o empate por 2 a 2 nos minutos finais. Porém, o técnico Muricy Ramalho indica que o jogador ainda pode ficar mais algumas partidas no banco de reservas, já que não apresenta a condição física ideal, em função do longo período que passou no departamento médico.

"Vamos ter calma com o Luis. Ele fez o gol porque estava dentro da área, mas não está preparado ainda. Recebeu bolas mais longas do Ganso e do Kaká, mas não conseguiu chegar, porque ainda não está preparado. A contusão dele foi seríssima e o jogador fica achando que a qualquer momento vai romper de novo", comentou.

Luis Fabiano vem readquirindo o ritmo depois de ficar quase três meses sem disputar uma partida. O problema do atacante começou no amistoso do Tricolor contra o Orlando City, no dia 20 de junho, quando sofreu uma lesão na coxa direita, durante intertemporada do clube nos Estados Unidos.Em meio à recuperação, o atacante sofreu uma nova lesão, na mesma coxa, justamente no momento em que estava perto de retornar aos gramados. Por isso, Muricy vem tendo o máximo de cautela com o atleta, que só voltou aos gramados na quarta-feira da semana passada, entrando no decorrer da derrota contra o Coritiba.

Em seguida, Luis Fabiano ganhou a condição de titular no clássico contra o Corinthians, sendo substituído no intervalo. Já na noite desta quarta, o atacante ficou novamente no banco, ganhando a vaga de Alexandre Pato apenas durante a etapa final.

"Vamos ter muito cuidado com ele, mas um jogador desse nível, goleador, e está voltando. Jogou meio tempo do clássico, 20 minutos contra o Flamengo e vai assim até voltar a ter condições físicas (para 90 minutos). Hoje, não tem a mínima chance", completou o treinador.

Fonte: Globo Esporte

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

4 de agosto de 2014

Clamado pela torcida, Luis Fabiano só deve retornar contra o Palmeiras

Apesar dos pedidos da torcida a cada chance perdida por Alexandre Pato contra o Criciúma, Luis Fabiano vai precisar de pelo menos mais uma semana no departamento médico. O técnico Muricy Ramalho não conta com o jogador para enfrentar o Vitória, no próximo domingo, às 18h30, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. Ele deve retornar apenas no clássico contra o Palmeiras, dia 17 de agosto, no Pacaembu.  
– Ele ainda está entregue aos preparadores físicos. Esse tipo de lesão (coxa direita) é difícil. Não dá para ficar indo e voltando. É difícil ter uma previsão – afirmou o treinador. 


Luis Fabiano se lesionou a primeira vez durante o período de treinamentos nos Estados Unidos. Na volta ao Brasil, já recuperado, sentiu um novo desconforto no local e perdeu as cinco partidas feitas pelo Tricolor após a Copa do Mundo: Bahia, Chapecoense, Goiás e Criciúma, pelo Brasileirão, além de Bragantino, pela Copa do Brasil. 



– Ele tem de voltar a fazer os trabalhos com bola com os demais jogadores. É assim que vai mostrar se está bem ou não. Para o próximo final de semana acho difícil – ressaltou Muricy.


Depois do Vitória, o São Paulo enfrentará novamente o Bragantino, agora no Morumbi, em partida que decidirá quem avança para as oitavas de final. Como o Tricolor venceu o primeiro jogo por 2 a 1, em Ribeirão Preto, Muricy Ramalho dificilmente arriscará colocar o jogador em ação. 


Por isso, a tendência é de que o Fabuloso esteja em campo somente no dia 17 para enfrentar o rival Palmeiras. Caso nenhum outro contratempo aconteça, o treinador são-paulino deve ter no clássico todas as estrelas do ataque à disposição. Kaká, recuperado de dores na panturrilha direita, voltará diante dos baianos. 


Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

18 de junho de 2014

Luis Fabiano se anima com sequência e vislumbra mais gols após Copa

Um dos jogadores mais presentes em partidas do São Paulo neste ano, o atacante Luis Fabiano se animou com a sequência sem lesões. Em meio à inter temporada nos Estados Unidos, o jogador mantém a confiança por mais gols a partir da retomada do Campeonato Brasileiro.

“Estou me sentindo bem, sem nenhum problema físico, e podendo ajudar o time. Isso está refletindo no campo e, por isso, quero manter essa sequência de jogos e gols depois da Copa do Mundo”, afirmou.

Luis Fabiano, que teve problemas clínicos no início de sua atual passagem pelo Tricolor, vem tendo uma temporada positiva, com participação em 26 partidas em 2014, atrás apenas de Rogério Ceni (27 jogos) e de Antônio Carlos, Paulo Henrique Ganso e Osvaldo (28 cada).

Agora, o atacante usa o período de treinos para fortalecer ainda mais a questão física. “Esse período de treinos é muito chato (risos), mas fundamental. Espero que a minha temporada continue assim, sem perder jogos por lesões ou suspensões, e que o clube possa conquistar títulos”.

A delegação tricolor está nos Estados Unidos desde sábado e permanece em treinos no exterior até o fim da próxima semana. Nesta sexta-feira, o time de Muricy Ramalho disputa seu único amistoso no país, contra o Orlando, na estreia de Alan Kardec.


Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

30 de maio de 2014

Luis Fabiano sensualiza como modelo em comercial; assista

Luis Fabiano é a estrela do novo comercial da Penalty, fornecedora de uniformes do São Paulo, sobre a nova camisa dupla face do clube. Ele aparece sensualizando ao lado de uma modelo.


A Penalty vai lançar no mercado uniformes dupla face para o São Paulo em homenagem a Copa do Mundo. A ideia da empresa é permitir que o são-paulino torça para a seleção brasileira com um uniforme do Tricolor.


Luis Fabiano mostrou desenvoltura na propaganda de menos de um minuto de duração. O locutor pergunta se a camisa é mesmo dupla face e pede para a modelo fazer uma demonstração. A modelo aceita, mas chama Luis Fabiano, que chega com o uniforme e ameaça tirar a camisa, deixando a barriga a mostra. “Tá bom, já entendi”, responde o locutor, e Luis Fabiano não tira a camisa.

Luis Fabiano gravou outras quatro versões com a modelo do comercial da Penalty sobre o novo uniforme do São Paulo.


Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

Brigador, artilheiro e mais 'presente'

Luis Fabiano deixou o gramado do Parque do Sabiá insatisfeito com o resultado diante do Atlético-PR (2 x 2), na noite da última quarta-feira (28), mas com a certeza de que deu o seu melhor dentro de campo. Brigador, o camisa 9 deu trabalho aos marcadores, sofreu o pênalti convertido por Rogério Ceni e ainda balançou as redes já nos acréscimos.

Em grande fase na temporada 2014, o centroavante deixou as lesões e desconfianças para trás, se firmou novamente com Muricy Ramalho e recebeu elogios do treinador após o confronto com os paranaenses, que manteve o Tricolor na cola do G-4 antes da parada para a disputa da Copa do Mundo.

"Fico feliz por ele ter marcado. Ele é um cara que está lutando demais. Pena que não fez o outro gol na chance que teve, porque normalmente não erra aquela jogada. Ele está merecendo demais", avaliou o comandante são-paulino, lembrando de outra boa chance criada pelo atacante durante a partida em Uberlândia.

Os números também mostram a evolução do atacante, que está mais 'presente' do que nas temporadas passadas. Se levarmos em consideração o início de 2012 e 2013, quando o jogador pôde participar da pré-temporada são-paulina daqueles anos, após acertar o seu retorno ao clube em 2011, 2014 tem sido mais proveitoso para atleta. Titular em 25 dos 28 jogos até aqui, Luis Fabiano conseguiu 'golear' os desempenhos anteriores.

Em 2012, atuou em apenas 15 dos 28 primeiros confrontos daquele ano, desfalcando a equipe em 13 ocasiões. Já em 2013, o centroavante ficou fora de 11 partidas das 28, participando apenas de 17. Por isso, a atual temporada do atacante tem merecido destaque. Além, claro, dos gols marcados.


O Fabuloso foi um dos artilheiros do Campeonato Paulista deste ano, com nove gols, ao lado de Alan Kardec (Palmeiras), Cícero (Santos) e Léo Costa (Rio Claro), e já anotou três na maior competição nacional até aqui. A boa fase do jogador passa pelo planejamento da comissão técnica, que fez com que o atleta conseguisse participar de todas as atividades na pré-temporada.

Goleador, o camisa 9 registrou uma importante marca em 2014. Após balançar as redes 14 vezes nesta temporada. Assim, Luis Fabiano deixou Teixeirinha (189) para trás e se tornou o terceiro maior artilheiro na história do clube, atrás apenas de Gino Orlando (233) e Serginho Chulapa (242), com 192 gols.

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

11 de maio de 2014

Luis Fabiano vê empate justo no Majestoso: 'O Corinthians criou o quê?'

O atacante responsável pelo empate por 1 a 1 no clássico deste domingo entre São Paulo e Corinthians acredita ter feito justiça. Para Luis Fabiano, se ele não tivesse marcado aos 35 minutos do segundo tempo, o rival teria vencido de forma injusta.

"O Corinthians também criou o quê? Criou nada. Não foi só o São Paulo. Pelo que apresentaram as duas equipes está bom demais. Tomamos o gol, conseguimos empatar. Não era o que a gente queria, mas do que desenhou a partida está bom."

Depois de balançar a rede aos três minutos da etapa final com Fágner, o Corinthians se fechou na defesa por 'uma bola', como disse Mano Menezes durante a partida aos seus comandados.

"A gente até tentou puxar o contra-ataque, mas não conseguiu. Essa uma bola que o Mano falou era justamente num contra-ataque, se aproveitasse bem, podia matar o jogo. Serve como aprendizado", declarou Fágner.

"Infelizmente, no final, numa desatenção, acabamos tomando o gol", completou o goleiro Cássio, que não pôde evitar o chute de Luis Fabiano no mano a mano com o zagueiro Cléber.

Paulo Henrique Ganso, responsável pela enfiada que colocou Luis Fabiano em condição de fazer o gol, elogiou a si próprio. "Quando voltou do segundo tempo precisava acertar uma bola. A do primeiro tempo, errei. Foi o lance de um jogador que consegue enxergar bem o jogo. Pela movimentação do Luis, sabia onde ele ia estar."

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...