2/24/2010

Sem Luís Fabiano, Sevilla empata com CSKA em Moscou pela Liga dos Campeões

24/02/2010 - Mesmo sem o artilheiro Luís Fabiano, contundido, o Sevilla conseguiu nesta quarta-feira um importante resultado fora de casa pela Liga dos Campeões, ao empatar com o CSKA em Moscou no jogo de ida pelas oitavas-de-final da competição.

Com este resultado, um empate sem gols no segundo duelo, na Espanha, dará a classificação ao Sevilla. Se houver igualdade no placar, mas com dois gols ou mais para cada time, o time russo avançará à próxima fase.

O atacante Alvaro Negredo abriu o placar para a equipe espanhola aos 25 minutos do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o chileno Mark González decretou o resultado final aos 21 minutos em belo chute de perna esquerda.

O Sevilla poderia até ter conseguido sair de campo com a vitória, mas pecou pela falta de ousadia. Com pouco esforço, o time conseguiu maior posse de bola e ditou o ritmo nos primeiros minutos de partida, mas depois caiu de produção.

O técnico Manuel Jimenez optou por deixar no banco o atacante Kanouté, para pôr no meio de campo um trio defensivo formado por Romaric, Zokora e o ex-santista Renato para frear as jogadas criadas pelos donos da casa.

Outro brasileiro em campo pelos visitantes foi o lateral-esquerdo Adriano. Já o atacante Guilherme, relacionado pelo técnico Leonid Slutsky, do CSKA, ficou os 90 minutos de partida no banco de reservas.

No gramado artificial do estádio Luzhniki, quem se destacou mais pelo time russo no primeiro tempo foi o japonês Keisuke Honda, que arriscou alguns chutes de fora da área. Um deles, aos 15 minutos, levou perigo ao passar próximo do travessão.

Outra boa jogada dos donos da casa aconteceu pouco depois, por meio do sérvio Krasic que arrancou em velocidade pela direita e cruzou para a área. Mark González completou de voleio, mas a bola passou por cima do gol.

Com os laterais Jesus Navas e Adriano participando ativamente da criação de jogadas, o Sevilla mostrava-se mais sólido, e foi justamente por uma das pontas que nasceu o primeiro gol do jogo.

Navas avançou pela direita, superou seu marcador na velocidade e fez um cruzamento baixo. A bola passou pelo goleiro Akinfeev e chegou a Negredo, que só teve o trabalho de completar para o fundo da rede.

Em desvantagem, o CSKA correu atrás do prejuízo e partiu para o "abafa". Logo no início do segundo tempo, aos dois minutos, Krasic teve a oportunidade de empatar ao receber na pequena área, mas errou na finalização.

Jiménez trocou Adriano por Perotti, já que o brasileiro caiu de produção. Poucos minutos depois, Mark González acertou um chute de longe, que pegou o goleiro Palop adiantado e balançou a rede.

O tcheco Necid teve a chance de virar o placar, mas Palop salvou o Sevilla ao defender duas finalizações do tcheco Necid - uma delas à queima-roupa.

Ficha técnica:.

CSKA Moscou: Akinfeev, A. Berezutski, Ignashevic, V. Berezutski e Schennikov; Aldonin, Semberas, Krasic e Honda (Mamaev); Mark González e Necid.

Sevilla: Palop, Stankevicius, Escudé, Fazio e Fernando Navarro; Romaric, Zokora, Jesús Navas, Renato (Acosta) e Adriano (Perotti); Negredo (Kanouté).
Árbitro: Felix Brych (Alemanha), auxiliado por seus compatriotas Thorsten Schiffner e Mark Borsch.

Cartões amarelos: Aldonin, Honda e Mark González (CSKA).

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!