3/23/2010

Sem Luis Fabiano, Sevilla cede empate no fim do jogo ao lanterna, e vê crise aumentar

O Sevilla segue seu calvário na temporada. Sem contar com o atacante brasileiro Luis Fabiano, lesionado, a equipe parecia ver uma luz para sair da má fase, mas cedeu o empate por 1 a 1 já nos acréscimos para o Xerez. O resultado representou a sétima partida seguida sem vitória.

O último triunfo foi sobre o Mallorca, em 20 de fevereiro, por 3 a 1. Depois, foram três empates e três derrotas antes desta terça-feira, incluindo os jogos pelo Campeonato Espanhol e dois diante do CSKA Moscou, pela Liga dos Campeões.

Os resultados deixaram o técnico Manolo Jiménez em situação ainda mais complicada, principalmente após a eliminação nas oitavas de final da principal competição continental. Nesta terça-feira, a imprensa espanhola noticiava que mais uma derrota causaria a demissão do treinador.

Com o resultado, o Sevilla caiu para a quinta posição com 45 pontos e segue fora da zona de classificação para a Liga dos Campeões da Europa. Já o Xerez luta contra o rebaixamento e aparece na lanterna com 19 pontos.

O time entrou em campo extremamente desfalcado. Além de Luis Fabiano, com lesão no tornozelo, Capel, Navas, Squillaci, Duscher e Acosta também tiveram problemas físicos.

Em má fase, as duas equipes protagonizaram um primeiro tempo de pouca qualidade técnica, errando muitos passes e criando pouco em seus setores ofensivos.

A equipe visitante começou marcando forte, pressionando o Sevilla, que mal conseguia passar do meio campo. Porém, depois dos 25 minutos, o time mandante melhorou seu desempenho e passou a controlar as ações da partida.

Algumas chances foram criadas, principalmente nas investidas do brasileiro Adriano. Aos 36 minutos, o brasileiro fez boa jogada individual pela esquerda, se livrou de dois marcadores e finalizou de perna direita. A bola passou perto do gol de Renan.

No segundo tempo, ele foi responsável pela reação do Sevilla. Aos 16 minutos, Adriano invadiu a área pela esquerda e é derrubado por Keita. Kanouté bateu firme, no meio do gol, e abriu o placar.

Mas aos 45 minutos do segundo tempo veio o empate. Após cobrança de lateral na área, a zaga do Sevilla afastou mal e Gioda chutou firme para empatar o jogo.


Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!