10/01/2011

Luis Fabiano x Ronaldinho: vantagem do Fla no marketing

01/10/2011 - Enquanto o São Paulo dá os primeiros passos em ações com Luis Fabiano, o Flamengo começa a consolidar o projeto de marketing de Ronaldinho traçado pelo clube e pela Traffic, parceira na contratação do atacante.

Uma semana depois do primeiro licenciado de Ronaldinho, uma toalha, chegar ao mercado, o Rubro-Negro prepara o lançamento do boneco do camisa 10 para o mês de outubro.

Com um retorno projetado a longo prazo, o clube e a Traffic, estimarão, a partir dos 15 produtos previstos, o sucesso em arrecadação que poderão ter até 2014, data que terminará o vínculo do jogador.

Por ora, o departamento de marketing do clube não traça o quanto poderá ser gerado em receitas com a venda dos licenciados.

– Você tem uma margem variável de lucro nisso. Ronaldinho está na Seleção, está fazendo gols pelo Flamengo. Então a tendência é que venda mais – comentou Henrique Brandão, vice de marketing do clube.

(Toalhas do Ronaldinho já estão disponíveis no mercado/ Foto: Divulgação)

Se o clube não sabe precisar numericamente, agora, o retorno dos produtos, a venda de camisas de Ronaldinho é um parâmetro. Foram compradas pelos torcedores mais de cem mil camisas só do atacante.

Nesse caso, o jogador não tem participação na arrecadação, situação distinta da linha de produtos.

Ronaldinho terá direito a 50% sobre os lucros das vendas de seus licenciados. A outra metade dos royalties será dividida entre o Flamengo (30%) e a Traffic (20%).

Com salário de R$ 1,2 milhão, sendo que R$ 450 mil são bancados pelo Flamengo e os outros R$ 750 mil pela Traffic, Ronaldinho é visto pelos responsáveis por sua contratação como produto potencial.

Prova disso está no fato de os contratos entre o jogador e a empresa terem sido assinados na época de sua contratação. Ao contrário do que aconteceu entre a Traffic e Rubro-Negro.

Alguns acordos entre o Fla e empresa estão pendentes. Só há cerca de duas semanas que o clube protocolou a autorização a Traffic para negociar cotas de patrocínio. O próximo compromisso entre as partes será um contrato sobre sócio-torcedor.

Fla estipula meta: mais de 1 milhão

O Flamengo vê Ronaldinho como o seu carro-chefe em 2011 não só para promover o sucesso da linha de produtos do clube como o jogador, mas também para alavancar a venda dos licenciados produzidos pelo clube e pela Olympikus, fornecedora de material esportivo do Rubro-Negro.Além o astro da equipe, o marketing do clube também aposta no sucesso do time em campo para superar meta de 2010.

– O Flamengo está brigando pelo título no Brasileiro e por uma vaga na Libertadores. Caso o time seja campeão ou fique no G4 acredito que podemos superar os números do ano passado, conseguindo vencer mais de um milhão de produtos oficiais, incluindo as camisas – comentou Henrique Brandão.

Os números citados pelo vice de marketing rubro-negro não incluem projeções de vendas dos licenciados de Ronaldinho.

Em 2009 o Flamengo já havia conseguido ultrapassar a casa de um milhão só em venda de camisas. O recorde aconteceu entre maio e dezembro, período que marcou a chegada de Adriano à Gávea e o título brasileiro.

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO


Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!