3/15/2012

Com camisa requisitada, Luis Fabiano vê "presente" de goleiro rival

Luis Fabiano deixou o Morumbi sorrindo mesmo quando não ouvia nada. Foram quatro gols sobre o Independente de Tucuruí, e um bom humor que o fez ironizar até Dida, goleiro da equipe paraense. O centroavante diz que o adversário foi um dos muitos a lhe pedir a camisa e, minutos depois, teve falha decisiva para que ele balançasse as redes pela quarta vez na noite.

“Ele me chamou duas vezes e eu não estava entendo o que queria falar. Cheguei perto pensado que era uma provocação, mas ele me pediu a camisa. Falei ‘claro’ na maior simpatia. Por isso ele me deu aquele presente”, contou, rindo, o atacante, que aproveitou o erro do arqueiro ao tentar dar o bote r ser encoberto pela bola, deixando o caminho mais fácil para o camisa 9 marcar.

E Dida foi só um a pedir o uniforme para o artilheiro. “Mas ele estava tão desesperado que pegou de quem viu primeiro, o João Filipe”, relatou Luis Fabiano, que acabou dando a camisa usada tanto no primeiro tempo quanto no segundo para Adison, zagueiro que o esperou até o fim das entrevistas para levar outro presente ao Pará.

“No primeiro tempo, falei: ‘você me bate, dá varias porradas e quer camisa?’. Mas ele tinha um argumentou legal e respondeu: ‘você já fez dois gols, está feliz’. Como eu estava mesmo, acabei dando a camisa”, disse o jogador do Tricolor, argumentando no fim da partida que o zagueiro do Independente merecia ter seu pedido atendido duas vezes.

Mas não foi só com camisas que Luis Fabiano deu presentes nesta noite. Seu novo filho foi homenageado com o atleta chupando o dedo após os gols no primeiro tempo. “Minha esposa está grávida, é mais uma benção. Ela pediu para fazer um gol para dedicar ao terceiro herdeiro e fui feliz”, comemorou ele que, se pudesse escolher, optaria por ofertar o segundo gol.

“Driblar o goleiro e fazer o gol é muito gostoso. Na hora pensei em fazer outra coisa, dar uma cavadinha, mas o goleiro estava muito em cima. Dei o corte e fui feliz, consegui fazer o gol”, recordou, provando que, como Emerson Leão avisou, vai falar bastante após esta inesquecível noite de quarta-feira.

“Quando não faço gol, eu falo, é o meu normal. Quando faço, também falo. Não mudo porque fiz ou não gol”, confirmou Luis Fabiano.

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!