6/06/2009

Brasil Goleia, Fabuloso marca e é Expulso Exageradamente!

Se a geração de Luis Fabiano, Kaká, Robinho e Cia. nunca tinha visto uma vitória da seleção brasileira em Montevidéu sobre o Uruguai, o mesmo não podem dizer os filhos dos nossos craques. Luca, o primogênito de Kaká, João Lucas, o de Juan, Robson Junior, o filho de Robinho, e Giovanna e Gabriella, as filhas de Luís Fabiano, apenas para citar alguns exemplos, tiveram o prazer de comemorar a vitória deste sábado. A seleção acabou com um jejum de 33 anos. A última vitória brasileira na capital uruguaia tinha sido em 1976. Sete jogos aconteceram neste período.
A Seleção goleou o Uruguai no Estádio Centenário por 4 a 0, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, e acabou com um tabu que durava 33 anos. Na última vitória brasileira no estádio, em 1976, Nelinho e Zico marcaram na partida que foi válida pela Taça do Atlântico e Copa Rio Branco. Vitória por 2 a 1.
Neste sábado, a partida começou com um nível muito baixo, faltas violentas e passes errados marcaram os primeiros dez minutos. Aos 11, Daniel Alves chutou de muito longe, a bola quicou na frente do goleiro Viera, que deixou ela passar e levou um frangaço.
Depois de abrir o placar, a Seleção parou de atacar e sofreu forte pressão dos uruguaios. Daniel Alves salvou o Brasil em duas oportunidades, Eguren perdeu um gol de cabeça e Júlio Cesar fez três defesas muito difíceis.
Aos 32, o juiz Saúl Laverni, da Argentina, não marcou um pênalti claro em Luís Fabiano. Três minutos depois, Elano bateu corner, Juan tentou de cabeça e o goleiro Viera defendeu, a bola voltou para Elano, que cruzou mais uma vez e Juan marcou na saída errada do goleiro uruguaio.
No segundo tempo, Luís Fabiano recebeu passe de Elano e acertou um chute fortíssimo para marcar o terceiro do Brasil. Aos 20, o atacante se jogou na área pedindo pênalti, e foi expulso. Ele não enfrenta o Paraguai na quarta feira, em Recife. Depois disso, o Uruguai passou a atacar, mas sem levar muito perigo para o gol de Júlio Cesar. A Seleção passou a jogar no contra-ataque, porém pecou nas finalizações. Aos 21 minutos Ramirez entrou no lugar de Elano e estreou pelo Brasil.
O show continuou aos 29 minutos da etapa final. Godin cometeu pênalti em Kaká, ele mesmo bateu e fechou o placar. Depois de 33 anos, goleada por 4 a 0 sobre os uruguaios. Júlio Cesar ainda salvou a Seleção Brasileira de sofrer um gol em uma cabeçada de Abreu. Aos 42, Pereira acertou um chute em Ramirez e foi expulso.
O Brasil, que agora tem o melhor ataque e a melhor defesa da competição, assumiu a liderança provisória das Eliminatórias para a Copa do Mundo com 24 pontos. O Paraguai, que tem os mesmos 24 pontos, enfrenta o Chile neste sábado em Assunção.
"LuisFa, você é MAIOR e passa por cima de todos os críticos"
Participe da nossa Comunidade no ORKUT
♥_______________________________________________♥

2 comentários:

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!