11/17/2009

Luis Fabiano não marca e Seleção Brasileira vence Omã

17/11/2009 - Mesmo sem apresentar grande futebol, a seleção brasileira jogou o suficiente para vencer Omã por 2 a 0 nesta terça-feira, em Mascate. A exemplo do que aconteceu na vitória de 1 a 0 contra a Inglaterra, Nilmar voltou a brilhar, abrindo o placar. O outro gol foi contra. O amistoso fechou a temporada do Brasil com saldo amplamente positivo. Em 17 partidas disputadas em 2009, foram 14 vitórias, dois empates e apenas uma derrota, além do título da Copa das Confederações e o primeiro lugar nas Eliminatórias. O time de Dunga volta a jogar apenas em 3 de março do que vem, na reta final de preparação para a Copa do Mundo da África do Sul. O sorteio dos grupos acontece no dia 4 de dezembro.

O primeiro tempo começou e o Brasil não demorou a abrir o placar. Aos quatro minutos, Luís Fabiano recebeu na frente, chutou à queima-roupa, o bom goleiro Al Habside rebateu e a bola sobrou para Nilmar completar para o fundo da rede. 1 a 0. Parecia que, ainda nos primeiros 45 minutos, a seleção aplicaria goleada

Foram muitas chances criadas com Nilmar (cabeçada aos 10 e chute aos 44), Elano (chute aos 14), Lucio (cabeçada aos 20), Kaká (chute aos 42) e Luís Fabiano (cabeçada aos 43). Mas o goleiro brasileiro Julio Cesar também teve trabalho. Aos 25, por exemplo, ele foi fundamental para garantir a vitória parcial defendendo chute cara a cara com Hosni.

Para o segundo tempo, Dunga voltou com três alterações. Fábio Simplício, Julio Baptista e Hulk ganharam as vagas de Felipe Melo, Kaká e Luís Fabiano. Mas foi Omã que começou atacando, contando com a marcação frouxa no meio. Aos 13, Dunga mexeu mais uma vez no time, colocando Carlos Eduardo na vaga de Elano. E, logo depois, a seleção conseguiu o segundo gol. Michel Bastos lançou Hulk em profundidade, mas Al-Ghailani tentou cortar e mandou contra: 2 a 0.

Com vantagem no placar, o Brasil passou a trocar passes e jogar mais lentamente. A única boa chance para fazer o terceiro aconteceu aos 36 minutos, em chute de Hulk para fora. Agora, é esperar o sorteio para a Copa do Mundo.

OMÃ 0 X 2 BRASIL
Estádio: Sultan Qaboos Stadium, Mascate (OMA)

Árbitro: Erich Brahenmhaeer (HOL)

Auxiliares: Patrick Gerritsen (HOL) e Wilco Hobbert (HOL)

GOLS: Nilmar, 3'/1ºT; Al-Ghailani (contra), 16'/2ºT

OMÃ: Al-Habsi, Al-Balushi, Al-Noafli (Saad, 21'/2ºT), M. Rabee'a e Al-Ghailani; Al-Mukhaini (Hussain Ali, 21'/2ºT), Dorbeen (Al-Naimi, 36'/2ºT), Al-Ajmi (Al-Noobi, 21'/2ºT) e Said; Al-Hosni (Abdulkarim, intervalo) e H. Rabee'a (Saleh, 33'/2ºT). Técnico: Claude Le Roy.

BRASIL: Julio Cesar, Maicon (Daniel Alves, 20'/2ºT), Thiago Silva, Lúcio (Cris, 24'/2ºT) e Michel Bastos; Gilberto Silva, Felipe Melo (Fábio Simplício, intervalo), Elano (Carlos Eduardo, 14'/2ºT) e Kaká (Júlio Baptista, intervalo); Nilmar e Luis Fabiano (Hulk, intervalo). Técnico: Dunga.

"LuisFa, você é MAIOR e passa por cima de todos os críticos"
Participe da nossa Comunidade no ORKUT
♥_______________________________________________♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!