6/21/2010

Dunga se rende a Luís Fabiano e critica arbitragem

21/06/2010 - Após vencer a Costa do Marfim por 3 a 1 e convencer o torcedor brasileiro, o técnico Dunga, visivelmente contente, elogiou o seu camisa nove e disparou contra o árbitro francês Stephane Lannoy que, segundo ele, "puniu quem queria jogar futebol".

O comandante nacional elogiou o desempenho de todos os jogadores, mas destacou a atuação de Luís Fabiano que, com dois tentos ante os africanos, encerrou um jejum de seis partidas sem marcar.

"Todos tiveram um bom desempenho. O Luís Fabiano, que vinha sendo cobrado por ele próprio e por vocês, foi o melhor. Confio no Luís. Desde que trouxemos ele para seleção, ele nos deu uma resposta positiva. Todo atacante fica impaciente quando fica sem marcar. Trabalhamos para tirar essa tensão e sabíamos que o momento ia chegar", decretou em entrevista coletiva.

Perguntado sobre os lances violentos dos marfinenses e a complacência do árbitro francês, o treinador verde-amarelo foi áspero - sobretudo quanto à expulsão de Kaká -, mas brincou relembrando seu estilo de jogo.

"Fica difícil, você vem para jogar um futebol arte, como vocês todos pedem, e o juiz deixa passar as coisas como hoje. A expulsão do Kaká foi totalmente injusta. Foi premiado o jogador que não queria jogar. O Kaká sofreu falta e foi punido. Desse modo, eu me daria bem, quando jogava. Em um jogo em que o Brasil jogou bem e marcou gols, recebeu mais cartões amarelos sem fazer nenhuma falta forte", analisou.

Por fim, Dunga salientou a maturidade do grupo brasileiro, que não perdeu a cabeça. "Mostraram maturidade. Apanharam do início ao fim e não revidaram. Tem que ser assim, focar jogar bola, que é o que eles melhor fazem", concluiu.

Já classificada para as oitavas de final, a seleção Canarinho volta a campo na próxima sexta-feira para enfrentar Portugal. Os lusos jogarão, na segunda-feira, a segunda rodada contra a Coreia do Norte.

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!