3/29/2011

Luís Fabiano é recebido por 45.000 torcedores no Morumbi









29/03/2011 - O atacante Luís Fabiano foi apresentado na noite desta terça-feira como novo reforço do São Paulo para a temporada de 2011. Nem mesmo a fina garoa afastou os entusiasmados torcedores, que lotaram as arquibancadas do Morumbi. Segundo a organização do evento, mais de 45.000 pessoas estiveram na festa. Para ter o jogador em sua equipe, o clube paulista vai pagar ao Sevilha, da Espanha, 7,6 milhões de euros ao longo dos quatro anos do contrato do atleta.

As baterias das torcidas Independente e Dragões da Real, a banda de reggae Planta e Raiz e os músicos Andreas Kisser, Jair Oliveira e Max B.O. foram algumas das atrações musicais antes da apresentação do atacante, artilheiro da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2010, com três gols - dois contra a Costa do Marfim e um contra o Chile. O goleiro Rogério Ceni, que marcou seu centésimo gol pelo São Paulo no domingo, também foi homenageado.

Os dois subiram ao gramado e foram recebidos pela diretoria e pelo presidente Juvenal Juvêncio. “É uma noite única que registra a grandeza do futebol e do São Paulo Futebol Clube. Gostaria de registrar essa noite histórica, memorável”, discursou o cartola

“Uma vez eu falei para um repórter que voltaria para o São Paulo, que é a minha casa. Espero corresponder o carinho e a alegria de vocês. De coração agradeço tudo isso. Vai ficar marcado para sempre na minha vida”, disse Luís Fabiano para os torcedores, sem esconder o sorriso por voltar ao time do Morumbi.

O presidente ainda aproveitou para parabenizar Rogério Ceni pelos cem gols. “Uma vez eu falei que quando fizestes cem gols, o que ficará marcado não será exatamente a vitória, ainda que o adversário tenha sido quem foi. O que vai ficar marcado é um jogador contratado para jogar com as mãos fazer cem gols com os pés.” O goleiro recebeu uma guitarra com uma placa comemorativa exaltando seu feito.

A cerimônia foi encerrada com o cantor Nando Reis cantando o hino do São Paulo e imagens de Rogério Ceni exibidas em um telão.

Ídolo - Luís Fabiano retorna ao São Paulo para balançar as redes adversárias e conquistar títulos. Se as suas duas passagens pelo clube foram recheadas de gols (148 ao todo), o centroavante conquistou apenas um título: o Torneio Rio-São Paulo pela equipe do Morumbi, em 2001.

Revelado pela Ponte Preta, em 1997, o jogador foi atuar pela primeira vez na Europa no Rennes, da França, em 2000. Apesar de atuar em doze partidas e não marcar gols pelo clube francês, o São Paulo resolveu apostar no atleta, em 2001.

Em sua primeira passagem pelo Morumbi, Luís Fabiano marcou 30 gols em 49 jogos, mas teve de retornar para o Rennes, dono de seus direitos federativos. A identificação com o São Paulo foi tanta que depois de seis meses ele estava de volta. Logo de cara, em 2002, foi artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 19 gols. A média de gols do jogador aumentou significativamente com a boa fase: em apenas um semestre, marcou 21 gols em 25 jogos, uma impressionante média de 0,84 gol por jogo.

Em 2003, Luís Fabiano foi artilheiro do Campeonato Paulista e vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. Ajudou o São Paulo a retornar à Copa Libertadores após dez anos de ausência.

Eliminado na semifinal da taça continental, Fabuloso foi negociado com o Porto, na segunda metade de 2004. Sua passagem em terras portuguesas foi apagada e ele viveu uma de suas piores fases na carreira. Sem espaço, foi contratado pelo Sevilla, da Espanha, onde se tornou ídolo.

Com o bom futebol de volta, Luís Fabiano recebeu várias chances na Seleção Brasileira e não decepcionou: campeão da Copa América, em 2004, da Copa das Confederações, em 2009, e titular na Copa do Mundo 2010.

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/fc_ofabuloso

Saudações Fabianistas*

Um comentário:

  1. Apresentação Oficial do Fabuloso no Morumbi - 29/03/2011
    http://www.youtube.com/watch?v=Rdk_uAukgOQ

    ResponderExcluir

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!