11/13/2011

Luis Fabiano volta a ser torcedor e já espera 'buzinadas' de Leão

Por quase sete meses, Luis Fabiano, contratado em março por mais de R$ 17 milhões, não pôde ser mais do que um torcedor do São Paulo enquanto tentava se livrar de lesão em tendão próximo ao joelho direito.

Nesta quarta-feira, contra o Atlético-PR, o atacante retomará a condição, mas com um acréscimo bem irritante: a cobrança de Emerson Leão por estar suspenso.

'Pelo que conheço o Leão, isso não vai ficar barato nem ferrando. Se passei ali depois do gol e ele, em vez de me falar 'legal', falou 'tomou o amarelo e eu te avisei', imagina como vai ser fora do jogo... Vai buzinar na minha orelha até viajar para Curitiba, quando deve me esquecer um pouco', comentou o jogador, sorrindo enquanto não é cobrado pelo chefe.

Como contou o centroavante, o técnico o repreendeu logo na comemoração do seu segundo gol na vitória por 2 a 0 sobre o Avaí, nesse sábado. E a contratação mais cara da temporada no futebol brasileiro sabe bem que o ex-goleiro não parará por aí. Leão tem como característica estimular seus atletas mexendo com seus brios - foi contratado pelo Tricolor por ser dessa maneira -, e não tem poupado o astro do elenco.

Durante treinos de finalizações ou coletivos, Leão tem usado o apelido 'Fabuloso' que Luis Fabiano carrega de forma irônica a cada erro dele, e em voz alta para ?incentivar' o atleta diante de quem assiste às atividades. Após ter o artilheiro como herói em sua primeira vitória nesta passagem pelo clube, o técnico não mudou o tom.

'Ele é um goleador. Precisa se comportar só como goleador', discursou Leão, que não escondeu a insatisfação por perder o centroavante por conta de uma reclamação excessiva no pedido por uma falta no campo de defesa - foi o terceiro cartão amarelo do jogador em sete partidas no Brasileiro. Certamente deixará sua impressão mais clara nos treinos de segunda e terça-feira.

Neste caso, publicamente, até Luis Fabiano concorda. 'Ele não deixa passar essas coisas e tem razão. Em um momento importante desse no campeonato, é fundamental ter uma sequência. Com uma vitória como essa, o time dá uma crescida, aí tomo um cartão que me deixa fora...', lamentou.

Desde sua reestreia, em 2 de outubro, o camisa 9 foi desfalque somente por dores na coxa direita, e em uma partida, no 0 a 0 contra o Vasco. Voltar a ser impedido de entrar em campo por um descontrole que ele mesmo assume o deixa frustrado, ainda mais depois de ter marcado dois gols em um jogo.

'É difícil ficar fora porque é muito difícil torcer', falou o ídolo do Tricolor. 'E não atuo logo no jogo seguinte em que fiz dois gols. Depois disso, você fica com um ânimo e um fôlego maiores. Eu jogaria com mais confiança, vontade, e o time, mais relaxado. Foi uma bobeira mesmo. Se eu pudesse ter sequência, a história seria diferente.'

Entretanto, como tanto cobrará Leão até viajar com a delegação para o Paraná, na terça-feira, só resta ao goleador imaginar como seria à espera do compromisso do próximo sábado, contra o América-MG, no Morumbi.

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO


Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!