12/11/2012

Carrasco de Luis Fabiano admite 'maior erro da vida' em final e diz que pediria desculpas a são-paulino

Alejandro Donatti é com certeza um jogador que demorará um tempo para sair da memória de Luis Fabiano e do próprio torcedor são-paulino. O zagueiro do Tigre foi o responsável pela maior perda do São Paulo na final da Copa Sul-Americana - apesar de não ter saído derrotado de campo, o time paulista perdeu o artilheiro Luis Fabiano aos 13 minutos do primeiro tempo no jogo de ida - e admite que o lance que originou as expulsões dele e do próprio ídolo tricolor na partida em Buenos Aires foi o 'maior erro' que já cometeu na vida. Com um histórico de apenas dois cartões vermelhos na carreira, o jogador argentino terá agora que acompanhar uma decisão histórica para a sua equipe fora do gramado.

Exatamente por isso, Donatti se sente completamente arrependido e, apesar de não ter considerado justa a sua expulsão, entende que poderia ter agido de outra forma para evitar a punição dada pelo árbitro. Mais do que isso, o 'carrasco' tricolor estaria disposto até mesmo a pedir desculpas a Luis Fabiano - de quem quase levou um chute no lance dos cartões vermelhos - pela infelicidade do lance.

"Foi o maior erro da minha vida [o lance da expulsão]. Não vou poder estar em campo na final e fiquei muito mal pelo que aconteceu. Me arrependo pelo chute, não sou assim. É só a segunda expulsão da minha carreira, não sou de bater. Peço desculpas a meus companheiros, ao Luis Fabiano. Se nos encontrássemos, pediria desculpas. É um grande jogador e uma grande pessoa", declarou o jogador, que esteve presente no evento promovido pela Conmebol e pela Bridgestone, patrocinadora da Copa Sul-Americana.

Mesmo admitindo ter errado no lance com Luis Fabiano, Donatti não concordou com as reclamações dos jogadores são-paulinos a respeito do 'excesso de violência' nas entradas dentro de campo durante o jogo em Buenos Aires. O zagueiro explicou que isso faz parte do estilo argentino de jogo e que, em uma final, não há como jogar diferente.

"Somos argentinos. Nosso estilo de jogo é pressionar, mas isso pode ter outra forma de pensar para vocês, assim que é bom. Creio que o futebol argentino joga nesse estilo muito forte. Peço desculpas se se sentiram ofendidos, mas temos coração e garra. É assim que se joga uma final", avisou.

Sem poder jogar a decisão no Morumbi, Donatti não abriu mão de viajar com o Tigre para estar junto com os jogadores da equipe em um momento que já é histórico para o clube, mesmo se a conquista do título não se confirmar.

"Pessoalmente dói muito estar aqui sem poder jogar a final. Mas esse é um momento histórico para o clube e eu quero estar aqui para presenciar", disse o jogador, que ainda comparou as perdas de Tigre e São Paulo com os dois suspensos: "Perdem as duas equipes. Eu tenho a bola parada, ele é um grande jogador, se nota sua presença. Mas vamos tratar para que seja um bom espetáculos para as duas equipes", concluiu.


Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!