6/15/2009

Fabuloso marca e Brasil vence o Egito no sufoco!

"No grito", a Seleção espantou a zebra e venceu o Egito por 4 a 3, nesta segunda-feira, em Bloemfontein, na estreia na Copa das Confederações. O gol da vitória saiu nos minutos finais, em pênalti corretamente marcado após pressão dos brasileiros.

Kaká (duas vezes), Luís Fabiano e Juan marcaram os gols da Seleção. O Egito descontou com Shwanky e Zidan, que marcou duas vezes, assim como o quase xará francês Zidane na final da Copa do Mundo de 1998.

Com a vitória, o Brasil assumiu a liderança do Grupo B da competição, com três pontos. A primeira rodada terá ainda o duelo entre Itália e Estados Unidos, também nesta segunda.

A Seleção volta a campo na próxima quinta-feira, quando enfrenta os Estados Unidos, em Pretoria, às 11h (de Brasília). Horas depois, o Egito encara a Itália, em Johanesburgo.

O JOGO

O Egito surpreendeu por sua postura em campo: sem a bola, não deixou espaços; com ela, teve velocidade nos passes e levou perigo. Principalmente nas bolas cruzadas na área, os africanos assustaram a defesa brasileira.

Ainda assim, o Egito não conseguiu parar Kaká. Logo aos cinco minutos, o apoiador deu dois chapéus dentro da área e bateu colocado: golaço com a assinatura do novo craque do Real Madrid.

O gol não abalou o adversário, que chegou ao empate em jogada de contra-ataque, aos nove. Aboutrika recebeu na direita e cruzou para área. Juan falhou na marcação e Zidan completou de cabeça.


O Brasil, no entanto, deu o troco na mesma moeda. Dois minutos depois, Elano levantou a bola na área e Luís Fabiano, com uma bela cabeçada, marcou. Juan, desta vez após cobrança de escanteio, fez o terceiro em boa jogada ensaiada.

Mesmo em vantagem, a Seleção teve dificuldades para chegar ao ataque. Diante do bom sistema defensivo do Egito, as melhores opções saíram em lances de bola parada. Atrás, os brasileiros também se complicaram.

Rápidos no ataque, os africanos chegaram ao empate no início do segundo tempo. Aos oito, Shwanky bateu firmemente da entrada da área, após boa troca de passes. Em contra-ataque, Zidan fez o terceiro no minuto seguinte.

Dunga mexeu na equipe para tentar dar mais presença de área ao ataque, com Alexandre Pato no lugar Robinho. Ramires também entrou, na vaga de Elano. No entanto, as mudanças não deram resultado.

Na garra, a Seleção pressionou no fim e chegou à vitória em lance polêmico. Aos 43, Kaká bateu para o gol e El Mohamadi tirou com o braço. O árbitro hesitou, mas acabou marcando o pênalti após ser avisado pelos brasileiros. O próprio apoiador cobrou bem e evitou o tropeço.

FICHA TÉCNICA:
BRASIL 4 X 3 EGITO

Estádio: Free State Stadium, Bloemfontein (AFS)
Data/hora: 15/6/2009 - 11h (de Brasília)
Árbitro: Howard Webb (ING)
Auxiliares: Peter Kirkup (ING) e Michael Mullarkey (ING)

Cartões amarelos: Moawad (EGY)
Cartões vermelhos: El Mohamadi, 44'/2ºT (EGY)
GOLS: Kaká, 5'/1ºT (1-0); Zidan, 9'/1ºT (1-1); Luís Fabiano, 11'/1ºT (2-1); Juan, 36'/1ºT (3-1); Shwanky, 8'/2ºT (3-2); Zidan, 9'/2ºT (3-3); Kaká, 45'/2ºT (4-3)

BRASIL: Julio Cesar, Daniel Alves, Lúcio, Juan e Kleber (André Santos, 37'/2ºT); Gilberto Silva, Felipe Melo, Elano (Ramires, 17'/2ºT), Kaká e Robinho (Alexandre Pato, 17'/2ºT); Luís Fabiano. Técnico: Dunga.

EGITO: El Hadary, Hani Said, Gomaa e Ahmed Said; Fathi, Hassan (Ahmed Eid, 5'/2ºT), Shwanky, Hosni (El Mohamadi, 30'/2ºT) e Moawad; Aboutrika e Zidan. Técnico: Hassan Shehata.


"LuisFa, você é MAIOR e passa por cima de todos os críticos"
Participe da nossa Comunidade no ORKUT
♥_______________________________________________♥

2 comentários:

  1. QUE SUFOCO! MAIS O BRASIL VENCEU É ISSO AI E SEU ÍDOLO MARCOU! GOSTEI DO BLOG ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  2. o cara quando é artilheiro marca de qualquer jeito, ele esta em ótima fase sem dúvidas, grande gols!

    ResponderExcluir

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!