2/06/2010

Depois do 1º gol em 2010, o Fabuloso guarda chapéu e diz q está muito bem no Sevilla !


06/02/2010- “O chapéu ficou no vestiário no nosso estádio, está exposto numa prateleira. Espero que ele seja o nosso amuleto até o título”. O primeiro gol, Luis Fabiano não esquece. Nem o amuleto. Depois de marcar o tento que abriu caminho para a vitória do Sevilla sobre o Getafe (2 a 0), pela Copa do Rei, ele pegou um chapéu no banco de reservas e colocou na cabeça para comemorar.

A peça indumentária é igual ao do presidente do Sevilla, José Maria Del Nido, que tem assistido aos jogos do torneio espanhol com o chapéu . Segundo o dirigente, essa superstição deu certo nos confrontos contra Barcelona e Deportivo La Coruña.

No jogo contra o Getafe, Luis Fabiano começou, de fato, a temporada de 2010. Afinal, desde dezembro do ano passado, quando sofreu forte entorse no tornozelo direito, Fabuloso ainda não tinha sentido o gosto de mandar a bola para as redes.

Ele retornou aos gramados há cinco partidas. Em três delas, começou no banco de reservas e jogou pouco mais de 10 minutos. Iniciou os confrontos diante do La Coruña e Getafe. E fez o primeiro gol depois de ouvir Del Nido dizer, no vestiário, que ele – Luis Fabiano – iria desencantar.

“Foi importante fazer o gol, mas ainda falta muita coisa para eu voltar à minha melhor forma. Tenho melhorado pouco a pouco”, acrescentou no press-release pór-jogo.

Em ano de Copa do Mundo, artilheiro que quer continuar na seleção precisa mostrar que não esqueceu o caminho do gol. Afinal, Luis Fabiano e Nilmar, dupla que terminou 2009 na formação titular do Brasil, permaneceram na Europa.

Da Espanha, os dois acompanham o desempenho de outros atacantes como Adriano, Vagner Love, Fred, Robinho e até Ronaldo, o Fenômeno, que optaram em retornar ao Brasil para chamar a atenção de Dunga, técnico do selecionado.

Luis Fabiano acha que está bem no time andaluz e não vê motivos para fica preocupado com sua presença no Mundial. “Eu acho que cada um busca a melhor opção para aquilo que deseja conquistar naquele momento. Mas quando se vive um momento bom, independentemente do lugar onde você estiver, você vai aparecer e será lembrado”, afirmou.

Mesmo assim, através de sua assessoria, os jornalistas foram informados de cada passo da recuperação do atacante. Nesta sexta-feira, a notícia era que ele está em condições de enfrentar, amanhã, o Real Zaragoza. Ele sofreu uma contratura no tórax, mas garante que já treina neste sábado e pode jogar.

Detalhe: desta vez o presidente não vai estar nas tribunas do estádio adversário. Del Nido sofreu um acidente de carro e se recupera das escoriações leves que sofreu. Por isso, vai valer o chapéu número dois, aquele que Luis Fabiano usou para comemorar o primeiro gol de 2010.

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!