2/03/2010

Luis Fabiano, o artilheiro do chapéu preto, põe o Sevilla perto da final da Copa do Rei

03/02/2010 - O presidente do Sevilla lançou a moda nas oitavas de final, e o time respondeu em campo ao eliminar o poderoso Barcelona da Copa do Rei. Desde então, José Maria Del Nido usa em todos os jogos do torneio o mesmo chapéu preto. Nesta quarta, o dirigente esteve na tribuna de honra do estádio Sánchez Pizjuan uma vez mais com o amuleto, que voltou a funcionar: vitória por 2 a 0 sobre o Getafe. Luis Fabiano abriu o marcador e tratou de comemorar usando um chapéu igual ao de Del Nido. Depois, Mario fez contra e deu números finais ao jogo.

Com o resultado, o Sevilla ficou muito perto da vaga na final da Copa do Rei. O time do artilheiro do chapéu preto pode até perder o jogo de volta por um gol de diferença que ainda assim se classifica. A partida acontece na próxima semana, no estádio do Getafe.

A equipe madrilena, por sinal, deu muito trabalho ao Sevilla nesta quarta. Além de Luis Fabiano, Adriano e Renato também foram titulares no jogo, que teve boa parte da etapa inicial dominada pelos visitantes. O Sevilla conseguiu se impor pouco antes do intervalo.

Aos 45, em jogada toda brasileira, os donos da casa desencantaram. Adriano cruzou e Luis Fabiano entrou no segundo pau para escorar de cabeça. Na comemoração, chapéu preto na cabeça e corrida em direção à tribuna de honra, onde estava o presidente Del Nido.

O time do Sevilla voltou um pouco melhor à etapa final, mas só conseguiu uma vantagem confortável a dez minutos do fim. Navas cruzou, e Mario tentou cortar. O zagueirão acabou mandando a bola para dentro do próprio gol. O Sevilla aproveitou o cansaço do rival e partiu em busca do terceiro, mas o Getafe se segurou e o jogo acabou 2 a 0.

Nesta quinta, começa a ser disputada a outra semifinal na Copa do Rei. O Atlético de Madri recebe o Racing Santander no estádio Vicente Calderón.


Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!