5/28/2010

O homem-gol da seleção brasileira | por Bruno Balacó

28/05/2010 - Um dos pontos altos do Guia da Copa África do Sul 2010, lançado hoje na edição do Jornal O POVO, é a entrevista exclusiva que fiz com Luis Fabiano, atacante titular da seleção brasileira.

Na conversa, o ‘Fabuloso’ se diz para pronto para o desafio vestir a 9 da Amarelinha.

Segundo ele, os mais de 30 jogos pela seleção lhe deram a “bagagem” necessária para suportar qualquer tipo de pressão.

Confira aqui a entrevista na íntegra

O POVO: Nos últimos dois anos, você se firmou como o novo camisa 9 da Seleção e virou um dos destaques do seu clube, o Sevilla. Que fator foi determinante para essa sua projeção no futebol?

Luís Fabiano: Foi sempre acreditar nos meus objetivos. Quando saí do Porto (ex-clube), havia muita desconfiança de que eu poderia não dar certo na Europa, mas eu insisti, acreditei e acabei vencendo aqui no Sevilla. Também houve muita dúvida sobre a minha capacidade de vestir a 9 da seleção, mas trabalhei muito e provei que tenho condições.

OP: O Brasil inicia agora uma fase de preparação para a Copa. Que detalhes você acha que a Seleção precisa ajustar para chegar mais forte neste Mundial?

Luís Fabiano: Acho que a seleção vem bem nos últimos anos, quebramos vários tabus, conquistamos títulos importantes. Acho que mais do que fazer ajustes, temos que tentar manter as coisas boas que fizemos nos últimos tempos. A principal é que todos no grupo mantenham o foco, o pensamento vencedor.

OP: É sua primeira Copa do Mundo e você desponta como a grande referência de gols do Brasil. Como se sente diante desse desafio?

Luís Fabiano: Realmente é um grande desafio, mas me sinto preparado. Jogar pela seleção não é fácil, existe muita pressão, temos que vencer todos os jogos. Mas já tenho mais de 30 jogos pela seleção, convivi com jogadores vencedores no ambiente da seleção e hoje posso dizer que tenho uma boa bagagem. Estou motivado, porque sempre sonhei em disputar uma Copa pelo Brasil.

OP: A partir do que você já viveu no grupo da Seleção, porque acha que o Brasil merece vencer a Copa do Mundo da África do Sul?

Luís Fabiano: Porque temos um grupo muito unido e determinado, muito focado nos objetivos.

OP: Quem você considera nosso maior concorrente ao título? Por quê?

Luís Fabiano: Hoje acho que a Espanha, que tem uma ótima seleção e a Argentina, que tem tradição e o Messi em grande fase.

OP: Além do título, quais são suas pretensões na Copa?

Luís Fabiano: Quero repetir as grandes atuações que tive nas Eliminatórias e na Copa das Confederações, fazer gols e ajudar o Brasil a conquistar o título. Acredito que o jogador só se sente realizado se vencer a Copa. A artilharia é secundária numa competição como essa.

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!