6/30/2010

Empolgado, Luís Fabiano mira a artilharia‎

30/06/2010 - Luís Fabiano é o artilheiro da era Dunga com 22 gols. O atacante foi também o goleador da Copa das Confederações do ano passado, prévia do Mundial na África do Sul. Agora, ele briga pela artilharia da Copa do Mundo. Mas há uma concorrência pesada.

Os alvos, neste momento, são o argentino Gonzalo Higuaín e o espanhol David Villa, que têm quatro gols e, assim como Luís Fabiano, avançaram às quartas de final com suas seleções. Robert Vittek, da Eslováquia, também marcou quatro vezes nesta Copa, mas já voltou para casa.

Luís Fabiano soma três gols. Além dele, outros três jogadores que detêm a mesma marca ainda da estão na disputa: Thomas Müller, da Alemanha, Gyan, de Gana, e Luis Suárez, do Uruguai.

O atacante tenta disfarçar, não quer contrariar o chefe. Dunga faz questão de enaltecer o grupo. O coletivo, com ele, está sempre acima de conquistas individuais. "Eu, sinceramente, não penso agora em ser artilheiro. Gostaria muito de chegar à final. Esse é o meu principal objetivo e também o do grupo."

Mas Luís Fabiano sabe que sua função é marcar gols. Depois de viver período de jejum, fez dois contra Costa do Marfim na segunda rodada, passou em branco diante de Portugal, mas marcou contra o Chile, ajudando o Brasil a se garantir nas quartas.

"Pude ajudar novamente com esse gol. O mais importante é o Brasil jogar bem. A gente está crescendo no momento certo. Os meus gols vão sair naturalmente. Aí, no final, vamos ver quem será o artilheiro."

O próximo desafio é diante da Holanda, sexta-feira, em Port Elizabeth. Apesar de reconhecer a força do adversário, Luís Fabiano espera encontrar mais espaço para jogar. A seleção tem sofrido contra rivais retrancados.

"Não acredito que eles vão apenas se defender", disse o atacante, que conhece bem o adversário. "Já tive oportunidade de enfrentar muitos jogadores que lá estão, como o Heitinga, que joga no Atlético de Madrid, o Sneijder e o Huntelaar, que jogavam no Real Madrid. É uma seleção forte, mas estamos preparados."

Em relação ao seu futuro, Luís Fabiano desconversa. O Milan é apontado como o destino do atacante depois da Copa do Mundo. "As coisas vão acontecer depois. Vamos ver o que será feito. Hoje penso só no Mundial", disse ele, que atua pelo Sevilla desde 2005.

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!