6/29/2010

'Eu estou pendurado, e não gostaria de ficar de fora em um momento tão importante da competição'

29/06/2010 - Quatro jogadores da seleção brasileira vão precisar se policiar na partida de sexta-feira, contra a Holanda, em Porto Elizabeth, pelas quartas de final da Copa do Mundo. O zagueiro Juan, o volante Felipe Melo, o apoiador Kaká e o atacante Luis Fabiano estão pendurados com um cartão amarelo. Caso sejam advertidos e o Brasil consiga a vaga nas semifinais do torneio, eles estarão fora da próxima fase do Mundial.

Luis Fabiano, por exemplo, vibrou por não ter sido advertido pelo árbitro inglês Howard Webb. O Fabuloso afirmou ainda que vai tomar redobrar os cuidados não levar o cartão.

- Eu estou pendurado, e não gostaria de ficar de fora em um momento tão importante da competição, mas em determinados momentos você esquece e vai firme na bola. Graças a Deus, não tomei cartão, não estou fora do próximo jogo. Mas ainda tem a próxima partida, que eu vou pendurado, mas com certeza não vou tomar - afirmou o Fabuloso.
Kaká usou um discurso semelhante ao do Fabuloso. O apoiador já levou dois amarelos e um vermelho no Mundial. Para ele, todo cuidado é pouco na reta final da Copa do Mundo.

- O cartão amarelo me preocupou mais. Uma segunda expulsão na Copa não seria legal. Acho que o árbitro foi até um pouco severo. Tenho que me cuidar - disse Kaká.


Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!