2/16/2011

Luís Fabiano: "Tanto Hulk como eu podemos ser decisivos"

16/02/2011 - HÉLIO ARAÚJO, NO RIO DE JANEIRO (BRASIL)

Seis épocas depois, Luís Fabiano e o FC Porto voltam a cruzar-se, agora como adversários na Liga Europa. Está em causa a passagem aos oitavos-de-final da segunda competição da UEFA, que o Fabuloso venceu por duas vezes ao serviço do Sevilha quando esta ainda se chamava Taça UEFA. O avançado brasileiro, que pelos dragões se sagrou campeão intercontinental, sublinha a importância deste confronto para o seu clube, a braços com uma má fase a nível interno que está a complicar o acesso à próxima Liga dos Campeões, que era o grande objectivo.

Fabiano, que provou continuar a acompanhar o futebol português - elogiou a boa época dos portistas e até avaliou as chances das restantes equipas lusas envolvidas na Europa -, desvalorizou que este será um duelo com o compatriota Hulk, mas reconhece que qualquer dos dois pode ter uma palavra a dizer nesta eliminatória.


O sorteio da Liga Europa colocou o FC Porto no caminho do Sevilha na primeira ronda a eliminar. Qual a sensação de enfrentar, pela primeira vez, o seu antigo clube?

Sinceramente, é uma sensação normal, é como enfrentar qualquer adversário. Não por nada em particular, mas já passou muito tempo desde que joguei no FC Porto. Apesar de ter sido uma passagem rápida, ficou marcada na minha carreira, até porque ganhei a Taça Intercontinental em 2004. Este jogo pela Liga Europa é importantíssimo, principalmente para o Sevilha, por tudo o que está acontecendo durante esta temporada. Mas, para mim, não tem nenhum tipo de sentimento. É mais um jogo importante na minha carreira, como qualquer outro.

O Sevilha jogará a primeira partida do "mata-mata" em casa e decidirá o apuramento no Estádio do Dragão. Será que o Sevilha tem pela frente o adversário mais difícil desta fase?

Não existem adversários fáceis ou difíceis antes de jogar. Olhando aos nomes, há vários outros clubes de grande tradição nesta fase da Liga Europa. Mas, pela situação actual, o FC Porto vive uma grande fase. Sem dúvida alguma, vai ser um jogo muito complicado, dado o bom momento do FC Porto e pelo nosso momento também, que, sejamos sinceros, não é dos melhores.

Muito se tem falado que este jogo vai ter um duelo particular entre dois avançados brasileiros: você, pelo Sevilha, e Hulk, do lado do FC Porto. Como encara esse confronto?

Na verdade, não vai ser um duelo entre o Luís Fabiano e o Hulk, mas sim entre as equipas do Sevilha e do FC Porto. Acredito que vá ser um duelo legal, bacana, bonito e bem disputado. O Hulk é um jogador que tem muita qualidade. Acho que, tanto ele quanto eu, dependendo da forma como a gente encare esta partida, podemos ser decisivos para as nossas equipas.

A UEFA sorteou também os futuros adversários dos oitavos-de-final da Liga Europa. O vencedor da eliminatória entre Sevilha e FC Porto irá enfrentar quem ganhar o confronto entre PAOK, da Grécia, e CSKA Moscovo, da Rússia. Se passasse, qual dos adversários preferiria nos oitavos-de-final?

Inicialmente temos de pensar no FC Porto, que é o primeiro adversário a ser batido. Mas, passando desta fase, eu gostaria de enfrentar o CSKA. Fomos eliminados por eles na Champions League no ano passado e gostaríamos de enfrentá-los outra vez.

--
Siga-nos no Twitter : http://www.twitter.com/fc_ofabuloso *--*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!