3/22/2012

Luis Fabiano: "Sozinho, fiz mais gols do que Palmeiras no Coruripe"

Luis Fabiano usou seu costumeiro bom humor nesta quinta-feira para valorizar os quatro gols que marcou na semana passada na vitória por 4 a 0 sobre o Independente de Tucuruí, no Morumbi. O jogador comparou seu desempenho ao do Palmeiras que, também pelo jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil, bateu o Coruripe por 3 a 0, em Jundiaí.

"Todos falam que é fácil jogar contra o Independente, na Copa do Brasil, mas o Palmeiras ontem [quarta-feira] sofreu contra o Coruripe no primeiro tempo e conseguiu marcar três no segundo. Sozinho, fiz mais gols do que o Palmeiras no Coruripe", afirmou o centroavante, em tom de deboche, à TV Bandeirantes.

Nesta nova passagem pelo Tricolor, Luis Fabiano ainda não balançou as redes ao enfrentar o Palmeiras. Vetado por contusão nos duelos pelos Campeonatos Paulistas de 2011 e 2012 e no primeiro turno do Brasileiro do ano passado, o camisa 9 do time do Morumbi só jogou uma vez diante do Verdão, e passou em branco na derrota por 1 a 0 no Pacaembu, na penúltima rodada da liga nacional.

O atacante, contudo, lembrou de si ao falar sobre Barcos, autor de nove gols neste ano pelo Verdão. "Ele surpreendeu a todos, tem muita qualidade. Também passei por isso na minha primeira passagem pelo São Paulo. Quando cheguei da Ponte Preta, ninguém me conhecia, mas fui conquistando o meu espaço, junto com o França, que era um grande centroavante."

Alegre por sua fase – assinalou seis gols nas últimos três partidas –, o ídolo da torcida são-paulina fez graça também com o Corinthians. "Não perco meu tempo vendo esses joguinhos aí", sorriu, ao comentar a vitória do arquirrival por 1 a 0 sobre o Cruz Azul nessa quarta-feira, pela Libertadores.

O camisa 9, porém, admite que gostaria de estar no torneio continental. E até por isso valoriza a Copa do Brasil. "É triste, o São Paulo está acostumado a jogar este tipo de competição (Libertadores), a torcida gosta, mas o ano passado não foi dos melhores. O nosso grande objetivo é a Copa do Brasil, o caminho mais curto para Libertadores. Mas é jogo a jogo. Conversamos muito sobre conquistar a Copa do Brasil, que seria um título inédito para o São Paulo, mas sem esquecer o Paulista também."

Entre as metas pessoais, a volta à Seleção Brasileira parece estar mais fixa na cabeça do artilheiro. Depois de sete gols na temporada – seis deles após ficar mais de um mês vetado por lesão muscular na coxa direita –, Luis Fabiano chega a falar até de seus concorrentes à camisa 9 verde-amarela na Copa do Mundo de 2014.

"É cedo ainda para pensar em voltar para a Seleção, mas estou com este pensamento. Não vai ser fácil porque o treinador já convocou o Leandro Damião e o Fred, mas eu continuo trabalhando. Acredito que ainda vai aparecer uma oportunidade e, quando aparecer, é agarrar. Se não acontecer, vou ficar torcendo", comentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!