6/15/2013

Luis Fabiano lembra do último título e da pressão sobre Dunga e Seleção

Campeão da última Copa das Confederações, em 2009, o Brasil tinha Dunga no comando da Seleção quando levantou a taça. É do treinador, atualmente no Internacional, que Luis Fabiano , lembra ao falar da competição e do "título da superação", como descreve a conquista. Artilheiro daquela edição, o atacante carrega na memória o peso que aquele grupo tinha nas costas quando entrou em campo na África do Sul, que no ano seguinte receberia a Copa do Mundo.

 - Aquela seleção era muito pressionada, o Dunga era muito pressionado. Ele fez um excelente trabalho, ganhou Copa América, Copa das Confederações, e, mesmo assim, existia muita desconfiança e muita pressão. Foi o título da superação - considerou.

O Brasil conquistou o troféu com uma vitória histórica sobre os Estados Unidos, de virada, depois de ter superado os donos da casa, na semifinal, além de Itália, Egito e o próprio EUA na primeira fase. No primeiro duelo contra os americanos a Seleção passou fácil e venceu por 3 a 0. Na decisão, a história foi outra: o adversário abriu 2 a 0 e o Brasil levou o título com uma vitória por 3 a 2.

- A final foi a prova de que tínhamos que ser campeões. Esse jogo foi o mais assustador que tivemos na Copa das Confederações porque saímos perdendo, no primeiro tempo, por 2 a 0. Os EUA vieram de uma maneira que não esperávamos. Já tínhamos jogado com eles e ganhamos fácil, relativamente fácil. Fomos para o intervalo, mas não perdemos a fé. Acreditávamos muito que poderíamos reverter a situação - contou.

Luis Fabiano garantiu o empate, ao marcar duas vezes, e o zagueiro Lúcio fez o gol do título. Artilheiro com cinco gols, o camisa 9 lembra bem do significado daquele título e da importância de ter tido um bom desempenho.

- Era uma competição importante para quem queria ir para a Copa do Mundo, é o último grande teste da seleção, é ali que você carimba o passaporte. Foi uma competição maravilhosa, foi tudo que a gente esperava. O time comandado pelo Dunga era uma seleção muito unida, que vinha conquistando muitas coisas, tinha entrosamento muito bom, dentro e fora de campo. Foi uma competição perfeita - considerou.

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!