5/08/2010

Dividido entre amigos, Luís Fabiano "decide" futuro do Espanhol

08/05/2010 - Três bons amigos da Seleção Brasileira ajudam a decidir o título do Campeonato Espanhol na penúltima rodada da liga, neste sábado. Destaque do Sevilla, Luís Fabiano enfrenta o Barcelona, a partir das 16h (de Brasília), em meio aos pedidos de "pegar leve" feitos por Daniel Alves. Já Kaká joga no mesmo horário pelo Real Madrid contra o Athletic Bilbao e conta com um favor de seu ex-companheiro de São Paulo para assumir a ponta da competição.

Em entrevista exclusiva ao Terra, Luís Fabiano falou sobre a curiosa situação de participar diretamente da definição do campeão espanhol. Recuperado de uma lesão no tornozelo, ele entrou na lista de convocados para encarar o Barcelona, embora talvez comece a partida no banco de reservas.

Antes mesmo de saber se teria condições de atuar, o atacante já vinha recebendo solicitações curiosas de colegas dos quais estará ao lado na Copa do Mundo. "Falei tanto com o Kaká quanto com o Daniel nos últimos dias. Não tinha jeito de não falar sobre o jogo. O Kaká me pediu uma força, para vencermos o Barcelona. Já o Daniel me pediu para pegar leve", contou.
Na semana passada, outro atleta da Seleção, Nilmar, chegou a dizer à imprensa espanhola que esperava marcar gols para o Villarreal contra o Barcelona buscando ajudar Kaká a levantar a taça. Ao final, Lionel Messi brilhou e a equipe catalã goleou em 1º de maio por 4 a 1, mantendo a vantagem de um ponto na liderança do Espanhol sobre o Real Madrid.

Diferentemente de Nilmar, Luís Fabiano descarta "tomar partido" nessa disputa do título. "Os dois são meus amigos. Que vença o melhor", profetizou, citando Kaká, seu companheiro de São Paulo entre 2001 e 2003, e Daniel Alves, com quem atuou no Sevilla entre 2005 e 2008.

Apesar da postura neutra, o centroavante titular da Seleção Brasileira terá pela frente o Barcelona e, portanto, o Real Madrid poderá torcer por seus gols. Neste sábado, ele espera que sua equipe repita o desempenho de janeiro, quando eliminou o adversário da Catalunha na Copa do Rei - o resultado serviu para quebrar uma grande sequência de títulos do Barcelona, que havia ganhado todos os seis primeiros torneios disputados sob o comando de Josep Guardiola, que assumiu como treinador do clube em julho de 2008.

"Espero que consigamos vencer novamente. Acho o Barcelona um timaço, o Messi está em um nível acima dos outros atualmente, mas não é possível ganhar tudo. Vou entrar com tudo para vencer o jogo pois precisamos dessa vitória para ficar mais próximos da vaga para a Liga dos Campeões. Quando estou em campo não penso se o cara é amigo ou não", afirmou.

Quarto colocado do Campeonato Espanhol, o Sevilla ocupa exatamente o último posto que dá vaga à próxima Liga dos Campeões da Europa, com 60 pontos, apenas um à frente do Mallorca, que visita o Deportivo La Coruña também às 16h deste sábado.

Na rodada mais recente da competição nacional, o time da região da Andaluzia subiu na tabela graças ao Real Madrid, que bateu fora de casa o Mallorca por 4 a 1 em 5 de maio. Favor que Luís Fabiano pode retribuir contra o Barcelona.

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!