5/30/2010

Luís Fabiano quer que o Brasil vença nem que seja jogando feio


30/05/2010 - JOHANNESBURGO, África do Sul — O atacante da Seleção brasileira, Luís Fabiano, afirmou neste domingo que o objetivo principal de seus companheiros é ganhar o Mundial da África do Sul, mesmo que seja jogando feio, e que também tem como objetivo ser o artilheiro da competição.

Em coletiva de imprensa na sede do exclusivo clube de golfe de Randburgo (norte de Johannesburgo), vizinho do hotel da Seleção, o atacante do Sevilla disse estar numa etapa de buscar metas. "Uma eu já consegui, que é estar aqui. A outra é ser campeão e ser o artilheiro da Copa".

"A primeira coisa é ser campeão, depois, se eu for o artilheiro, legal. Mas a primeira coisa é ser campeão, ser artilheiro será consequência do trabalho na competição. Não que não pense nisso, todo atacante tem essa ilusão", explicou.

Fabiano quer levar a Copa para seu país e liderar a tabela de artilheiros para dedicar isso a seu falecido avó Benedito, que o criou desde pequeno: "Em todas as conquistas, penso nele e as dedico a ele também".

"Infelizmente, meu avó já não está mais entre nós, e gostaria de ganhar a Copa por ele, porque ele foi meu pai... Meu avó foi meu grande ídolo e também um fã, então gostaria muito de conseguir isso", acrescentou.

Quanto à imagem de equipe guerreira da Seleção, que deixou de lado o tradicional futebol bonito e que explora os patrocinadores, Luís Fabiano deixou claro que o importante será vencer sem importar como: "Se for preciso jogar feio para ganhar, vamos fazer isso, o que importa na Copa é vencer", enfatizou.

"A propaganda diz o que quer dizer a propaganda, nada tem a ver com sua imagem, pois a Seleção tem sua própria cara. Agradou quando teve que agradar e foi guerreira quando teve que ser... Os resultados estão aí", explicou, citando a vitória de 3 a 1 como visitante ante a Argentina pelas eliminatórias sul-americanas em 2009.

Nesse sentido, afirmou ainda que houve vezes em que foi preciso jogar mais duro. "Há partidas difíceis onde há necessidade de marcar e jogar feio para ganhar, pois jogamos sempre para vencer e é isso o que importa", concluiu o acatante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!