6/21/2010

Luis Fabiano inspira festa brasileira e provoca reações antagônicas nos africanos

21/06/2010 - Foi divertido demais encontrar os torcedores brasileiros na saída do Estádio Soccer City. O clima foi bem diferente da partida de estreia contra a Coreia do Norte, quando a maioria reclamou da atuação da equipe de Dunga. Depois dos 3 a 1 sobre a Costa do Marfim, a satisfação era grande pelo resultado e pela classificação antecipada para as oitavas-de-final. Autor de dois gols, Luís Fabiano foi eleito o herói da noite. “Ele desencantou”, disse um torcedor.

Com direito a batucada e samba no pé, a galera fez muita festa. Bem diferente de um sul-africano, que estava vestido da cabeça aos pés com as cores de Costa do Marfim. Ele lamentava a participação das seleções africanas na Copa do Mundo. Difícil definir o tamanho da tristeza que ele estava sentindo. “Estou muito triste. Meu coração está partido. Não venho mais ao estádio. Vou assistir tudo de casa. Os times africanos estão indo muito mal. Eu queria que pelo menos dois deles chegassem à semifinal”.

Costa do Marfim era uma das únicas esperanças africanas que sobraram na Copa. Com a derrota para o Brasil, a situação ficou muito difícil e vai piorar caso Portugal vença a Coreia do Norte nesta segunda-feira. Resta torcer por Gana, que lidera o Grupo D com quatro pontos, um a frente de Alemanha e Sérvia.

Mas há quem não esteja ligando para isso e vai continuar curtindo a Copa seja quais sejam os classificados para a próxima fase. De longe, ouvi um grupo gritando o nome de Luís Fabiano do mesmo jeito que fazem os brasileiros. Só quando cheguei perto é que percebi um sotaque diferente. Eram sul-africanos que dançavam e cantavam o nome do artilheiro do jogo. Foi a imagem mais bonita da noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!