6/02/2010

Luís Fabiano nao marca, mais o Brasil vence Zimbábue por 3x0

02/06/2010 - A seleção brasileira não tomou conhecimento e goleou o Zimbábue por 3 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Nacional de Harare, no amistoso de preparação para a disputa da Copa do Mundo na África do Sul.  Os gols foram marcados por Michel Bastos, Robinho e Elano.

Com o resultado, o Zimbábue perdeu uma invencibilidade de 15 jogos em casa. A derrota anterior aconteceu em setembro de 2006, quando foi derrotada pela Angola por 2 a 1.

Nessa partida o repórter Leandro Quesada, da Rádio Bandeirantes, informou que Kaká, que se recuperou de lesão, participou do amistoso por força de contrato do patrocinador.

O próximo amistoso do Brasil será contra a Tanzânia, na próxima segunda-feira, dia 7. O Brasil estreia na Copa do Mundo diante da Coréia do Norte, no dia 15 de junho , em Johanesburgo.

Hino
Antes do amistoso, aconteceu a execução dos hinos. O do Brasil, tocado ao vivo por uma orquestra local, teve vários erros. Com os jogadores enfileirados, a banda tocou o início bem diferente do convencional. Depois conseguiu acertar algumas notas, mas se perdeu novamente.

O jogo
A seleção brasileira começou com uma modificação entre os titulares na defesa, com Thiago Silva no lugar de Juan por precaução.  O início do Brasil foi tímido. Aos 13, Luís Fabiano tentou, mas o goleiro Sibanda salvou. O rival deu a resposta com Karuru, aos 19, que arriscou de fora da área.

Aos 26, aconteceu uma substituição, com a saída do goleiro Júlio César para a entrada de Gomes. O camisa 1 sentiu uma pancada na região lombar. Em sua primeira intervenção, o goleiro fechou o ângulo de Knowledge, aos 26. E em seguida defendeu uma cabeçada do atacante novamente.

Mas o Brasil chegou ao gol ao final do primeiro tempo. Aos 41, Luis Fabiano é derrubado na entrada da área. Em cobrança de falta, Michel Bastos solta a bola no ângulo: 1 a 0.

Dois minutos depois, a seleção brasileira ampliou o placar. Robinho recebeu passe de  Maicon na área e bateu na saída do goleiro Sibanda: 2 a 0.
No intervalo, o técnico Dunga resolveu fazer três alterações. Saíram Maicon, Lúcio e Kaká para as entradas de Daniel Alves, Luisão e Júlio Baptista, respectivamente. Sem Lúcio, Gilberto Silva ficou com a faixa de capitão.


E o Brasil não teve dificuldades para ampliar o placar no segundo tempo. Aos 10 minutos. Uma jogada que começou com Luís Fabiano, que tocou para Júlio Batista, de calcanhar para Daniel Alves, que cruzou para Elano, livre marcar: 3 a 0.No lance seguinte, Elano lançou Robinho na área, e chutou rasteiro.

Aos 16, Grafite entrou na vaga de Luís Fabiano e Robinho saiu para a entrada de Nilmar, aos 18.

O Zimbábue fez duas substituições aos nove minutos. Saíram : Karuru e Jambo para as entradas de Kingston Nkhata e Nyoni. Mais tarde entraram Mushekwi e Alumenda e deixaram o campo Antipas e Rambanepasi.

De nada adiantaram as alterações. O Brasil continuou mandando como aos 27 minutos, em uma cobrança de falta de Daniel Alves, que assustou o goleiro Sibanda. Depois a seleção de Dunga tentou ampliar o placar, mas a partida terminou mesmo na vitória por 3 a 0.

FICHA TÉCNICA

ZIMBÁBUE

Sibanda; Mapenba, Markonese (Sweswe), Mwanjali e Jambo (Prince Nyoni); Nengomasha, Rambanepasg (Alumenda) e Antipas (Mushekwi); Benjani, Knowleose e Owidy (Nkatha). Técnico: Norman Mapeza.

BRASILJulio Cesar (Gomes); Maicon (Daniel Alves), Lúcio (Luisão), Thiago Silva e Michel Bastos; Gilberto Silva, Felipe Melo, Elano e Kaká (Júlio Baptista); Robinho (Nilmar) e Luís Fabiano (Grafite). Técnico: Dunga.

Gols: Michel Bastos aos 41min, e Robinho aos 43min do primeiro tempo; Elano, aos 10min do segundo tempo.

Local: estádio Nacional, em Harare (Zimbábue), nesta quarta-feira.

Arbitragem: Abdul Basit Ebrahim (África do Sul), auxiliados por Somi Luyanda e Rezeers Andren (ambos da África do Sul).

Fonte: eband.com

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!