6/12/2010

Luís Fabiano rebate Verón: "Se os argentinos não são felizes, problema deles"


12/06/2010- Luís Fabiano rebateu nesta sexta-feira a provocação do argentino Verón, que na quinta-feira afirmou que se alegria ganhasse jogo, o Brasil seria campeão sempre, mas que a seriedade é mais importante.

— Alegria vem de dentro da gente. Se eles não são felizes, problema deles. Nós somos contentes, somos alegres por estarmos aqui. Brasil é um país de alegria, samba, carnaval, festas. É normal a gente ter esta alegria durante nosso trabalho. Alegria vem de dentro. Uns têm e outros são amargurados da vida — declarou o camisa 9 da seleção brasileira em uma entrevista coletiva no Randpark Golf Club.

Ao ser lembrado de que o técnico da Argentina, Diego Maradona, comparou sua equipe a um Rolls-Royce pilotado por Lionel Messi, o centroavante afirmou que o Brasil é "um jato que voa baixo e que vai surpreender muita gente". Após encerrar a temporada europeia com uma lesão muscular, destacou que está completamente recuperado para o jogo de estreia, dia 15 de junho contra a Coreia do Norte. Luís Fabiano, que não faz gol pelo Brasil desde a vitória de 3 a 1 sobre a Argentina em setembro do ano passado pelas Eliminatórias sul-americanas, em Rosário, também disse que não está preocupado com isso.

— Para quem tem fome de gols, este jejum não vai atrapalhar em nada. Estou bem tranquilo — afirmou.

Luís Fabiano ressaltou que o objetivo dos últimos amistosos, contra Zimbábue e Tanzânia, nos quais passou em branco, era garantir a plena recuperação da lesão muscular. Para ele, o objetivo principal é ser campeão e depois fazer gols. A artilharia do Mundial seria apenas uma consequência.

— Gostaria de ter feito gol, mas o importante mesmo é a Seleção ganhar o jogo e começar bem — completou.

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!