7/28/2010

Kaká e Luís Fabiano se recusam a já pensar em 2014

28/07/2010- Dois dos principais jogadores da seleção na Copa do Mundo da África do Sul não conseguem encontrar forças para projetar uma campanha melhor na próxima edição, no Brasil, em 2014. Abalados após a surpreendente eliminação diante da Holanda, o meia Kaká e o atacante Luís Fabiano se recusam a pensar no futuro com a amarelinha.

“Calma. Esta derrota ainda está muito fresca para mim. Agora, não sei muito o que pensar. Não é momento de falar sobre isso”, afirmou o camisa 10, com a voz embargada e os olhos vermelhos pelo choro.

Na África do Sul, Kaká disputou sua terceira Copa, depois de ter sido reserva em 2002 e titular em 2006. Aos 28 anos, o jogador era a grande esperança brasileira neste Mundial e, até por este motivo, foi um dos mais abalados depois da eliminação na derrota por 2 a 1 para a Holanda, na sexta-feira, pelas quartas de final.

Já Luís Fabiano, que participou de seu primeiro torneio, está com 29 anos e espera descansar para só depois decidir se buscará uma chance de jogar a Copa no Brasil.

“Sinceramente, o momento é tão duro que não penso em nada. Preciso me reerguer nesses dias de folga e só depois pensar em próxima Copa”, lamentou o atleta, também com os olhos marejados.


Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!