10/17/2011

Fabuloso alerta: 'Não adianta achar que a saída do técnico vai resolver'

Luis Fabiano diz que time precisa pensar no que está fazendo de errado, lamenta a saída de Adilson e afirma que é preciso lutar pelo título

A demissão do técnico Adilson Batista pegou os jogadores do São Paulo de surpresa. Os poucos que resolveram conversar com a imprensa no desembarque da delegação que voltou de Goiânia no início da tarde desta segunda lamentaram a mudança no comando. Já Adilson, que estava no mesmo voo, passou sem parar para conceder entrevistas.

Luis Fabiano, o mais enfático dentre os atletas que falaram com os jornalistas, aproveitou para mandar um recado: a saída do técnico não provocará nenhum efeito se o time não mudar a sua postura nas rodadas que restam no Campeonato Brasileiro.

- Não adianta achar que está tudo resolvido com a saída do treinador porque não está. Chegou o momento de assumirmos a responsabilidade, pararmos para refletir e ter a consciência de que precisamos melhorar. Nosso momento não é bom. Temos de achar uma solução para voltar a jogar bem e vencer. Não podemos ficar tanto tempo sem ganhar uma partida – disse o atacante.

Luis Fabiano, do São Paulo, concede entrevista em Congonhas (Foto: Marcelo Prado / Globoesporte.com)

O atacante disse que Adilson Batista merecia melhor sorte no Tricolor.

- Posso dizer que estou chateado porque perdemos um bom treinador e uma grande pessoa. Particularmente, posso dizer que gostava muito do Adilson. Mas no futebol brasileiro é assim mesmo. Quando as coisas não funcionam, o treinador é o primeiro a pagar o pato – disse.

O camisa 9 não jogou a toalha em relação ao sonho de conquistar o Brasileirão.

- Ficou difícil. Diminuiu o número de jogos e aumentou a diferença para os líderes. Mas, enquanto houver chances, temos de lutar para levantar o nome do São Paulo - ressaltou.

Rivaldo seguiu pela mesma linha de raciocínio.

- Todos os jogadores ficaram surpresos. Todo mundo gostava do Adilson, os resultados não acompanharam o bom trabalho dele e sempre sobra para o treinador. Temos de mudar essa situação porque não podemos ficar seis jogos sem vencer. Precisamos da vitória já na quarta-feira – afirmou o meio-campista, referindo-se ao jogo contra o Libertad, pela Copa Sul-Americana.

Os jogadores se reapresentam às 16h no CT da Barra Funda para um treino físico, sem a presença dos jornalistas. Nesta terça-feira, o técnico interino Milton Cruz, que deverá ser efetivado até o final do ano, comandará seu único treino antes do duelo contra os paraguaios, marcado para às 21h50m, no estádio do Morumbi.

Marcelo Prado, Globo.com

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!