10/20/2011

Luis Fabiano avisa diretoria: "Se for trazer técnico, que seja já"

A vitória sobre o Libertad nessa quarta-feira serviu como um alívio para a diretoria. Embora afirmem querer anunciar um novo técnico até domingo, os dirigentes gostam da tranquilidade que terão caso o time consiga bons resultados sob o comando interino de Milton Cruz. Mas até o astro da equipe faz um apelo: não demorem.


"Se for trocar mesmo, é bom já vir logo para planejar o ano que vem e não errarmos tanto como neste ano. O planejamento é com a diretoria, mas é bom já mudar logo para pegarmos a filosofia do próximo técnico até o fim do ano e entrar no ano que vem com tudo", avisou, em tom de alerta, Luis Fabiano, que chegou ao clube em março sob o comando de Paulo César Carpegiani, estreou com Adilson Batista e foi marcar seu primeiro gol com Milton Cruz no banco de reservas.

O discurso adotado pelo vice-presidente João Paulo de Jesus Lopes é de que chegará um profissional que se adeque às necessidades do elenco, apesar de o presidente Juvenal Juvêncio sempre fazer cobranças públicas aos jogadores. Mas o pedido até de Milton Cruz é que toda essa análise seja concluída no menor tempo possível."Quanto mais rápido conseguirem contratar é importante porque o técnico vai chegar, conhecer o grupo e, no ano que vem, saber se outros jogadores têm que ser contratados, ver reposições. Seria interessante para arrumar tudo logo e já preparar a pré-temporada", argumentou o coordenador técnico.

Milton Cruz aceitará caso fique no comando por um período maior do que o prometido - inicialmente, ele será o treinador até o jogo contra o Coritiba, no domingo. O interino, entretanto, sabe que a empatia dele e do time com a torcida só continuará existindo enquanto as vitórias vierem, resultado que não pode ser garantido.

Por ser próximo ao elenco, o coordenador técnico dá até dicas à diretoria sobre o melhor perfil para o substituto de Adilson Batista. Avisa que quem parece ser durão publicamente é mais flexível no trato com os atletas, e vice-versa. Por isso, seria um erro se ater à imagem deixada diante das câmeras. "Às vezes, o treinador é de um jeito no campo e fora é mais maleável."

Ao falar sobre estes casos, Milton citou logo Paulo Autuori, grande sonho da diretoria que foi campeão da Libertadores e do Mundial com o clube em 2005. Mas é difícil seu retorno, já que está vinculado à seleção do Catar. O coordenador, contudo, admite que seria melhor a contratação de alguém com experiência dentro do São Paulo.

"Vir alguém que já passou e conhece o clube facilita", argumentou. Neste quadro, Emerson Leão, sugestão do ex-superintendente de futebol Marco Aurélio Cunha, se encaixa perfeitamente, já que foi campeão paulista em 2005 e alega ter saído com "portas abertas".

O ex-goleiro, desempregado há mais de um ano, tem o perfil enérgico que dirigentes consideram ser útil no convívio com jovens vindos das categorias de base. Esta personalidade também cabe em Jorginho, treinador do Figueirense e ex-auxiliar de Dunga na Seleção Brasileira que está bem cotado na alta cúpula do clube. Outro Jorginho, o da Portuguesa, é comentado.

VEJA AS VOTOS DO JOGO SÃO PAULO 1X0 LIBERTAD
Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO


Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!