9/26/2012

Doze anos depois, Luis Fabiano diz ainda ter trauma de disputas pelo alto

Doze anos se passaram, mas o atacante Luis Fabiano ainda não conseguiu superar um velho trauma. Em entrevista ao programa Cartão Verde, na noite desta segunda-feira, o jogador afirmou que ainda sente receio nas disputas pelo alto com os adversários. Em 2000, quando ainda vestia as cores da Ponte Preta, um choque com um defensor do Palmeiras no fim de uma partida válida pela primeira fase do Campeonato Paulista ainda causa arrepios ao jogador, que na ocasião teve convulsões e foi encaminhado para hospital em Campinas (SP).

- Eu tenho um pouco de receio (de disputar lances de cabeça). Tive um problema cruel contra o Palmeiras, ainda pela Ponte Preta. Foi assustador - disse o jogador.

Apesar de admitir a dificuldade nas jogadas pelo alto, o atacante tricolor garantiu que algumas lesões podem trazer benefícios aos atletas. Segundo o Fabuloso, sua qualidade na finalização com o pé esquerdo, por exemplo, vem de uma lesão na perna direita.

- Hoje eu chuto com a perna esquerda devido a uma lesão na perna direita. Eu tive lesão séria na direita, e quando chutava doía. Então transferia e assim comecei a chutar com a perna esquerda - declarou.

Com um estiramento muscular na coxa direita, Luis Fabiano não seguiu viagem com o São Paulo para a cidade de Loja, no Equador, onde o Tricolor enfrenta a LDU local às 22h (horário de Brasília), em partida válida pelas quartas de final da Copa Sul-Americana.

O São Paulo de hoje é muito parecido com o que deixei em 2004. Nunca peguei o clube tranquilo. Sempre com pressão, com tempo sem titulo"
Luis Fabiano
 
A previsão inicial do departamento médico do São Paulo apontar retorno do atleta somente daqui duas semanas, mas Fabuloso tem esperança de voltar a ficar à disposição da comissão técnica no clássico contra o Palmeiras, que será disputado no dia 6 de outubro, às 16h, no Morumbi.

Mesmo com 24 gols em 31 jogos em 2012, números que colocam o atacante como artilheiro do time na temporada, Luis Fabiano chegou a ser questionado por parte da sua torcida. Apesar de o problema já ter sido superado pelo jogador, o camisa 9 admitiu que a cobrança exagerada é motivada pelo jejum de títulos do clube: o São Paulo não conquista um campeonato importante desde o Brasileirão de 2009.

- Voltei preparado pra tudo. Enfrentei muitas coisas, mas o São Paulo de hoje é muito parecido com o que deixei em 2004. Nunca peguei o clube tranquilo. Sempre com pressão, com tempo sem titulo e ter de resolver amanhã. Mas minha cabeça é totalmente diferente também. Hoje estou com 31 anos, experiência é outra e passei por muitas coisas. O modo como encaro isso daqui pra frente é diferente - disse o atacante.

- A chatice é a mesma, de pegar no pé do jogador. Até entendo que com a importância dentro do elenco cada um tem de ser mais cobrado. É triste, mas já tinha passado por isso. A minha recepção foi fantástica e por isso às vezes é difícil entender esse casamento conturbado - completou Luis Fabiano.

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!