10/13/2010

Luís Fabiano diz que banco de reservas "não é o fim do mundo"

13/10/2010 - O atacante Luís Fabiano disse nesta quarta-feira que seria "estranho" deixar o Sevilla em janeiro, já que renovou seu contrato há um mês.

O brasileiro disse que este "não é o momento de falar com ninguém, mas de trabalhar", e demonstrou resignação com o banco de reservas, apesar de dizer que quer "jogar, marcar gols e pegar ritmo".

O atacante se disse "triste" com a saída de Antonio Álvarez no comando da equipe, a quem classificou como "um bom treinador e um amigo", lamentando também que siga como reserva mesmo com a chegada do novo técnico, Gregorio Manzano.

"Estou tranquilo, mas quando não jogo não sou feliz. Todo jogador quer jogar, mas volto a dizer que não é o fim do mundo. Faltam meses para janeiro e buscaria uma solução se continuasse no banco, mas agora não busco uma saída", acrescentou.

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/ofabuloso

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!