9/26/2011

Time está de braços abertos para ter Luis Fabiano "o quanto antes"


26/09/2011 - Em março, a ansiedade tomava conta só dos torcedores, mas em maio já se tornou bem maior no presidente Juvenal Juvêncio e agora, com a proximidade da estreia de Luis Fabiano, é o elenco que não esconde a vontade de ter o artilheiro em campo. Os treinos do camisa 9 têm sido acompanhado de perto por alguns dos titulares.
Um deles é Wellington. Escalado para dar entrevista coletiva nessa quinta-feira, o volante nem reclamou por ter que aguardar o fim do jogo-treino no qual o centroavante marcou dois gols. Ele só viu o segundo, imagem que serviu para que aumentasse a convicção e o desejo de logo dar as boas-vindas ao astro entre os titulares.
"Esperei o Fabuloso sair para dar a entrevista. Estava de olho para ver se ele ajuda a gente. Quero ele o quanto antes para nos ajudar, vai ser muito bom. Passou todos os dias de tratamento, teve uma recuperação difícil, e o grupo todo agora está de braços abertos para ele", falou, em tom de recepção, o camisa 5.

O meio-campista não esconde a admiração e, como já disseram colegas como Rhodolfo e Cícero, está certo de que a presença do goleador no time deixará o São Paulo mais perto do título brasileiro. Por isso, a expectativa frustrada de tê-lo nessa quarta-feira, contra o Corinthians, tomou conta de parte do grupo antes do empate por 0 a 0, quando a equipe desperdiçou boas chances de vencer.
"O Luis faz a diferença dentro de campo. É um ídolo, é diferençado. E faz gol. Quando tiver oportunidade para fazer, vai guardar e vamos conseguir os três pontos", comentou Wellington, tentando se controlar para não aumentar a pressão sobre o astro. "A responsabilidade não é totalmente dele. Ele não vai jogar sozinho, o elenco do São Paulo vai ser campeão."
O discurso mais cauteloso é adotado por Dagoberto. Bem mais contido que atletas mais jovens, o futuro parceiro de Luis Fabiano no ataque são-paulino até o final da temporada evita ampliar a cobrança sobre o colega e até pede paciência, já que o centroavante não joga há mais de seis meses e vem de duas cirurgias na temporada.
"Todos nós o queríamos contra o Corinthians, mas na hora certa ele vai estrear. Fico feliz por ele porque só quem teve lesões sabe como é difícil esse finalzinho, a dificuldade e a cobrança são muito grandes. Mas o Adilson e todos têm sido muito inteligentes em deixar ele fazer um fortalecimento legal, com bastante treino. Queremos o Luis Fabiano por vários jogos, não para um ou dois e depois se machucar", disse o artilheiro do Tricolor na temporada, com 20 gols.

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO


Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!