3/08/2012

Na volta de Luis Fabiano, Cícero garante vitória magra em Belém

Recuperado de lesão na coxa direita sofrida em 28 de janeiro, Luis Fabiano voltou a ser titular do São Paulo nesta quarta-feira, mas foi o sexto gol de Cícero na temporada que garantiu a vitória por 1 a 0 sobre o Independente de Tucuruí (PA), no Mangueirão, na estreia dos dois clubes pela Copa do Brasil.

O sentimento é de frustração, uma vez que, se marcasse mais um gol, o Tricolor garantiria a classificação para a segunda fase sem precisar receber os campeões paraenses no Morumbi na quarta-feira da semana que vem. Por outro lado, os jogadores do Independente vibram por terem garantido prêmio de R$ 50 mil oferecido pela diretoria, que por sua vez comemora por não ver a primeira participação da equipe na Copa do Brasil resumida a uma partida.

O outro lado da chave também será definido na próxima quarta, quando o Bahia de Feira recebe o Aquidauanense-MS tentando reverter a derrota por 1 a 0 no jogo de ida. Enquanto aguarda, o time de Emerson Leão volta suas atenções para o Paulistão: domingo, no Morumbi, terá pela frente a Portuguesa. No mesmo dia, o Independente pega o Remo, pelo Paraense.
Rubens Chiri/Site Oficial SPFC
 
A grande fase de Cícero garantiu a vitória ao São Paulo em Belém, mas não a classificação adiantada
O jogo - Com Fernandinho na vaga de Jadson, que não foi relacionado para aprimorar a forma física, os visitantes dominaram o primeiro tempo. Embora não tenha apresentado um futebol primoroso, o São Paulo quase não foi ameaçado durante os 45 minutos iniciais. Quando foi, logo aos dois minutos, a arbitragem ajudou ao marcar impedimento inexistente de Thiago Floriano, que empurrou a bola para as redes.

O susto foi bem assimilado pelos paulistas. Logo no lance seguinte, Lucas só não abriu o placar graças ao posicionamento preciso de Alexandre Recife, que cortou praticamente em cima da linha. O gol, que já parecia ser uma questão de tempo, só não saiu antes porque Fernandinho quase sempre preferiu encarar a marcação a servir o sedento Luis Fabiano.

Cícero, em grande fase, resolveu o problema aos 14 minutos, quando disparou com muita liberdade a partir da intermediária defensiva e acertou o canto esquerdo do goleiro Dida com um chute rasteiro da entrada da área. Denilson, em cobrança de falta de muito longe, teve a melhor chance para ampliar a contagem ainda na primeira etapa, mas seu petardo carimbou o travessão. Os são-paulinos também reclamaram da arbitragem quando Lucas invadiu a área com velocidade e caiu pedindo pênalti.

Luis Fabiano foi além das expectativas e ainda jogou 26 minutos do segundo tempo antes de dar lugar a Willian José, mas novamente foi menos acionado do que poderia. Lucas e Fernandinho – que cedeu seu lugar a Osvaldo antes dos 15 minutos – abusaram das jogadas individuais, quase sempre improdutivas. Tão irritado quanto o Fabuloso, Leão tentou aumentar o poder de fogo de sua equipe quando o meia Maicon substituiu o volante Casemiro, aos 21.

Satisfeito por obrigar a realização do jogo de volta, o Independente não se arriscou tanto no campo ofensivo. A equipe se fechou, gastou o tempo como pôde e pouco foi ameaçada pelo São Paulo, que não soube fazer valer sua superioridade técnica.

FOTOS DOS BASTIDORES DO JOGO:  https://picasaweb.google.com/faclube.ofabuloso

Siga-nos pelo Twitter - http://www.twitter.com/FC_OFABULOSO

Veja vídeos do Fabuloso no Youtube - http://www.youtube.com.br/fcofabuloso

Participe de nosso Fórumhttp://luisfabianomatador.webnode.com.br/

Saudações Fabianistas*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga-Nos!

Insta-Me!